Com Bruna Lima, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

TCU decide hoje se abre processo contra atuação pró-Pazuello da AGU

Tribunal avaliará se instaurará medida para apurar uso de recursos públicos para proteger interesses particulares

atualizado 23/06/2021 9:10

Ministro da saúde Eduardo Pazuello no governo bolsonaroIgo Estrela/Metrópoles

O TCU decidirá nesta quarta-feira se abrirá procedimento para analisar se a AGU atuou para defender Eduardo Pazuello. O caso é relatado pelo ministro Raimundo Carreiro.

Em 13 de maio, o advogado-geral da União, André Mendonça, entrou com um pedido de habeas corpus no STF para que Pazuello pudesse ficar calado durante depoimento na CPI da Covid.

Apresentada ao TCU pelo subprocurador no TCU, Lucas Furtado, a representação quer que o Tribunal avalie se a AGU usou recursos públicos, como o trabalho de servidores, para proteger interesses particulares do ex-ministro.

O caso seria votado apenas em agosto, após Bruno Dantas pedir mais tempo de análise. O próprio ministro, no entanto, solicitou antecipação para esta semana, afirmando relevância da matéria.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna