Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

Sucessora de Roberto Jefferson teme ser afastada por Alexandre

Graciela Nienov pediu que aliados parem de atacar STF; Jefferson foi afastado do comando do partido na quarta-feira (10/11)

atualizado 12/11/2021 21:51

Graciela NienovMichel Jesus/Câmara dos Deputados

A presidente em exercício do PTB, Graciela Nienov, tem dito a aliados que teme ser afastada do cargo pelo ministro Alexandre de Moraes. Braço direito e sucessora do ex-deputado Roberto Jefferson, Nienov pediu que a cúpula do partido interrompa os ataques ao STF.

Na última quarta-feira (10/11), Moraes ordenou o afastamento de Jefferson do comando do PTB por seis meses, a pedido de parlamentares da sigla. No mês anterior, Jefferson já havia confidenciado a interlocutores na prisão que temia ser afastado. Por isso, pediu licença do cargo por tempo indeterminado para tentar fugir da sanção. Não funcionou.

Nienov é o braço direito de Jefferson no PTB. Quando foi preso a pedido da PF, em 13 de agosto, Jefferson enviou áudio a aliados pedindo que respeitassem as decisões de “Graci”, e que a partir daquele momento a batuta estava com ela. Roberto Jefferson é suspeito de integrar uma organização criminosa digital para atacar a democracia.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna