Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Natália Portinari

Datena aceita conversar com PT e cogita declarar voto em Haddad e Lula

Identificado com a pauta da segurança pública, Datena ficou magoado com as ofensas que recebeu do bolsonarismo na pré-campanha

atualizado 04/10/2022 7:58

Datena, jornalista e apresentador- Metrópoles Kelly Fuzaro/Band

O apresentador José Luiz Datena, da Rede Bandeirantes, está disposto a conversar com o PT e cogita declarar voto nas candidaturas de Fernando Haddad ao governo de São Paulo e de Lula ao Palácio do Planalto.

Datena ensaiou alianças com o tucano Rodrigo Garcia e com o bolsonarista Tarcísio de Freitas, mas não selou acordo com nenhum dos candidatos em São Paulo. O apresentador foi xingado diversas vezes por lideranças bolsonaristas e pela militância, quando participava da pré-campanha de Tarcísio, como postulante ao Senado.

“Conversar não ofende. Meu objetivo é me manter fora do processo eleitoral, mas fui muito ofendido na pré-campanha, sem razão, e mesmo sendo leal a quem estava comigo. Isso pode pesar”, avaliou o apresentador.

O pessebista Márcio França, que perdeu a disputa para o Senado em São Paulo, sugeriu que o PT procure Datena para ter um aliado popular no campo da segurança pública.

França defendeu nesta segunda-feira (3/10) que Lula precisa fazer uma fala assertiva e voltada para os policiais militares, a fim de atrair eleitores de um dos núcleos mais fiéis ao bolsonarismo.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna