Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Vídeo: sala queridinha da rainha no palácio de Buckingham é reformada

As mudanças incluem trocar o teto de quase 200 anos. Canos, fiação e outros serviços essenciais de infraestrutura serão substituídos

atualizado 24/11/2020 14:13

Buckingham PalaceGetty Images

Como em toda casa que se preze, a hora da reforma chegou ao Palácio de Buckingham, mais especificamente na Ala Oeste. O ilustre “cantinho” engloba um dos espaços mais usados pela rainha Elizabeth. No caso, funciona como a sede de sua revisitada Galeria de Quadros. Avaliado em 369 milhões de libras, o projeto de reconstrução levará até 10 anos para ser finalizado. Se acredita ser muito tempo, fica de lembrete que durou um mês para remover cuidadosamente 65 obras das paredes do espaço.

A Ala Oeste do casarão é formada por 19 salas, sendo uma a Galeria de Quadros. É no ambiente dedicado às artes que a rainha costuma receber chefes de Estado, além de promover recepções e eventos com o selo da realeza. Nas dependências, Elizabeth já sediou cerimônias importantes. Os convidados admiraram, sem dúvidas, famosas obras de Rembrandt, Canaletto, Van Dyck e Vermeer.

A reforma garantiu o status de histórica. Em 45 anos, é a primeira vez que os quadros tiveram de ser retirados dos lugares onde foram fixados. Enquanto a obra não termina, as peças artísticas serão exibidas ao público na Galeria da Rainha. Para que os súditos vejam ao vivo e a cores, o governo precisa suspender as restrições de combate à Covid-19.

“As obras são reconhecidas amplamente como os destaques da Coleção Real, e agora 65 delas devem ser expostas ao público juntas na Galeria da Rainha”, contou o Palácio de Buckingham em comunicado. O lugar funciona como a residência oficial da chefe da monarquia britânica. A instituição lançou ainda um vídeo no canal do YouTube em que mostra o meticuloso trabalho em andamento. Confira a seguir:

Há itens do acervo da galeria que datam 1820. Faz parte da reforma trocar o teto de quase 200 anos, contudo a cobertura decorativa interna ficará protegida durante os reparos. Um dos planos da realeza é tornar o interior e exterior do palácio à prova de problemas no futuro. No projeto, canos, fiação elétrica e outros serviços essenciais de infraestrutura serão substituídos.

A Galeria de Quadros foi criada por pelo George IV em 1820. O rei desejava que o ambiente exibisse sua coleção de obras de arte. Porém, o monarca não viveu para vê-la concluída. Ele morreu aos 67 anos em 1830. O projeto virou realidade nas mãos do arquiteto e urbanista John Nash. O profissional britânico coordenou a construção do espaço no Palácio de Buckingham.

Galeria de Quadros do Palácio de Buckingham
Galeria de Quadros do Palácio de Buckingham

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias