metropoles.com

Membro real ordena que Harry e William coloquem ponto-final em brigas

A ordem surtiu efeito, uma vez que William chamou Harry para se sentar ao lado dele em culto religioso no Castelo de Windsor

atualizado

Compartilhar notícia

Justin Setterfield/Getty Images
Príncipe William e príncipe Harry
1 de 1 Príncipe William e príncipe Harry - Foto: Justin Setterfield/Getty Images

O último dia do funeral da rainha Elizabeth II ocorreu nessa segunda-feira (19/9), mas as notícias relacionadas à cerimônia fúnebre continuam a render manchetes. As mais novas afirmam que um membro da realeza britânica ordenou que William e Harry coloquem um ponto-final nos conflitos. Ao que tudo indica, o pedido, feito pelo rei Charles III, pai da dupla, surtiu efeito, uma vez que o príncipe de Gales chamou o duque de Sussex para se sentar ao lado dele no culto religioso, realizado na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor.

Conforme uma fonte contou ao jornal britânico The Times, o rei Charles conversou com os dois filhos para que eles se reconciliem após uma série de discussões e, consequentemente, um afastamento. Os irmãos têm uma relação conturbada desde 2018, quando Harry resolveu se casar com Meghan Markle. O relacionamento azedou de vez dois anos mais tarde, quando o duque de Sussex decidiu abdicar dos deveres no alto escalão da realeza.

0

“Foi consenso que seria uma demonstração importante em torno da rainha, em um momento de imensa dificuldade para a família”, informou o mensageiro ao portal. Os irmãos perderam a avó paterna no último dia 8. Um sinal de que a relação dos dois começou a ter um capítulo amistoso foi quando eles apareceram juntos para ver e agradecer pelas homenagens deixadas para Elizabeth nos portões do Castelo de Windsor. Durante o momento, eles estavam acompanhados das esposas, Meghan e Kate Middleton.

Arrependido?

Entrevistada pelo portal britânico The Sun, a especialista em linguagem corporal Judi James avaliou todas as movimentações do príncipe Harry em culto religioso em homenagem à rainha Elizabeth II na Abadia de Westminster, nessa segunda-feira (19/9). De acordo com a expert, o duque de Sussex “lançou vários olhares” para o irmão, William. Na avaliação da profissional, o comportamento demonstrou “grande arrependimento”.

Os irmãos apareceram lado a lado no Castelo de Windsor

Os irmãos têm um relacionamento conturbado, e, segundo comentaristas de questões da dinastia Windsor, o funeral da rainha deixou os conflitos ainda mais em evidência. Ao The Sun Judi fez o seguinte apontamento: “Durante o serviço [religioso], ele estava segurando as lágrimas, bem como tendia a olhar muito ao redor. Houve pelo menos duas ocasiões em que seu olhar era algo mais fixo e direcionado para William”.

A especialista em linguagem corporal analisou a fisionomia do duque de Sussex quando ele deu uma olhada para o irmão, William: “Sua expressão sugeria tristeza e possível arrependimento”. Ao término do culto, os filhos do rei Charles III se prepararam para marchar atrás do esquife da avó paterna. Novamente, Harry direcionou o olhos ao príncipe de Gales. No ponto de vista de Judi, a exibição teve caráter emocional.

“Parando na fila, ele observou o irmão, de quem ele já foi tão próximo; o sobrinho [George], com quem ele adorava brincar; e a cunhada, que ele via como uma irmã. Todos entraram na frente dele sem sequer olhar em seu rosto. A face de Harry parecia ficar enrugada em um sinal mais intenso de tristeza”, avaliou a profissional.

Harry perdeu a avó paterna, a rainha Elizabeth II

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?