Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Disney lança recurso que permite aos hóspedes pagarem para pular filas

A Disney anunciou que, por uma taxa extra, os visitantes poderão pular as filas para terem acesso mais rápido às atrações de dois parques

atualizado 19/08/2021 14:11

Disney@waltdisneyworld/Reprodução/Instagram

Cansado de esperar horas e horas para se divertir na Millenium Falcon ou na Mansão Mal-Assombrada? Calma que lá vem novidade para quem não vê o momento de divertir pelas atrações dos parques temáticos da Walt Disney, nos Estados Unidos. A empresa anunciou, na quarta-feira (18/8), que, por uma taxa extra, os visitantes poderão pular as filas para terem acesso mais rápido aos programas mais populares.

A medida faz parte do novo sistema de navegação virtual dos parques, o Disney Genie. A plataforma digital foi desenvolvida para ajudar os visitantes a otimizarem o tempo pelas atrações do Walt Disney World Resort, em Orlando, e no Disneyland Resort em Anaheim, na Califórnia. O dispositivo auxiliará os turistas a planejarem itinerários, fazerem reservas em restaurantes e pedirem comida nos parques.

Atualmente, as dependências da Walt Disney funcionam com capacidade limitada, em razão da pandemia da Covid-19. Há a exigência do uso de máscaras em locais fechados, embora os turistas tenham adotado a medida inclusive em áreas abertas. O Disney Genie será gratuito por meio dos aplicativos Disneyland e My Disney Experience, conforme explicou a empresa em um comunicado oficial.

0

Quem adotar o serviço extra pagará por dia US$ 15, o equivalente a mais de R$ 80, no Walt Disney World Resort. Já no Disneyland Resort, o valor estipulado é de US$ 20, o mesmo que R$ 108. O recurso permite aos visitantes escolherem o horário mais próximo disponível para chegar aos passeios e, consequentemente, reduzir o tempo de espera nas filas. No parque de Orlando, 40 atrações integram o serviço; já na Califórnia, há somente 15.

Na nota, a empresa contou que irá disponibilizar o privilégio para até duas atrações, entretanto não revelou o preço desse acesso. Com a chegada da plataforma Disney Genie, a empresa confirmou que irá aposentar o FastPass e o FastPass+, sistema de filas grátis para os visitantes do parque. Também irá finalizar as operações o MaxPass, serviço que permitia que os turistas pulassem filas, ao pagarem US$ 20.

Disney_8
Fila na Millenium Falcon
Disneyland Resort em Anaheim, na Califórnia
O Disneyland Resort em Anaheim, na Califórnia, terá o serviço do Disney Genie
Críticas

O dispositivo não funcionará com alguns dos brinquedos mais populares dos parques, como o Seven Dwarfs Mine Train, no Magic Kingdom Park, e o Radiator Springs Racers, no Disney California Adventure Park, de acordo com o comunicado à imprensa. Quem quiser pular fila nessas atrações terá que pagar outra taxa adicional. No Twitter, a medida não pegou bem para a empresa.

Segundo os usuários da rede social, o Disney Genie é uma forma da empresa arrecadar mais receita. Um bilhete diário nos parques está entre US$ 109 a US$ 159, o equivalente a R$ 591 a R$ 862, respectivamente. Confira algumas reações:

Disney
Houve reclamações no Twitter por conta do Disney Genie
Disney
Visitantes da Disney criticaram sobre o novo serviço
Disney
O recurso permite pular filas nas atrações

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias