Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Dermatologista famosa explica fórmula que faz mágica na pele oleosa

Adriana Vilarinho listou os benefícios de uma substância presente em séruns, cremes e tônicos. O produto é indicado para pele acneica

atualizado 06/05/2022 19:08

A dermatologista Adriana Vilarinho sorrindo para foto. Ela usa blusa de manga longa rosa - Metrópoles@clinicaadrianavilarinho/Instagram/Reprodução

As baixas temperaturas das estações mais frias do ano funcionam como um “veneno” para a pele. Quem dispõe de cútis oleosa sofre com a maior produção de sebo e, consequentemente, o surgimento de espinhas e cravos. A temporada atrapalha também o quesito hidratação. Caso se veja sem uma luz no fim do túnel, a dermatologista Adriana Vilarinho vem trazer uma dose de alívio. A médica explicou os benefícios de uma fórmula poderosa, batizada de ácido salicílico.

A dermatologista atende na Clínica Adriana Vilarinho, em São Paulo. Ao todo, existem cinco unidades do espaço especializado em cuidados com a pele, cabelo e unhas. Em entrevista à coluna Claudia Meireles, a médica listou os benefícios do ácido salicílico, presente em séruns, cremes e tônicos. “O ácido salicílico é um beta-hidroxiácido, de origem natural e derivado da salacina, retirada da casca do salgueiro”, esclarece. Diante dos avanços da indústria da beleza, o componente passou a ser produzido de modo sintético.

Dermatologista Adriana Vilarinho
A dermatologista Adriana Vilarinho comanda clínicas homônimas em São Paulo

De acordo com Adriana, a fórmula soma mil e uma serventias. Para começar, o ácido salicílico se destaca por ser um ótimo esfoliante. O produto tem boa penetração na cútis. No quesito limpeza, o componente oferece maior higienização da região cutânea tanto superficialmente quanto mais profundamente. Quando aplicado, remove as células mortas de forma suave, desobstrui os poros, diminui a produção de sebo e melhora o aspecto da acne.

À procura de uma substância com propriedades anti-inflamatórias?  O ácido salicílico apresenta essa eficácia. Antes de correr para as farmácias ou e-commerces de beleza, Adriana orienta consultar um dermatologista. O expert irá prescrever o produto e a forma correta de utilização em determinado caso.

“Cada pessoa tem uma rotina de cuidados com a pele personalizada, um grau e origem de acne diferente e, por isso, não há uma recomendação padrão”, enfatiza a médica.

Dermatologista Adriana Vilarinho
A especialista deu detalhes sobre o ácido salicílico

Por conta do leque de vantagens, o produto costuma ser bastante indicado para a pele oleosa, em especial, a acneica. O componente está no rol de inimigos dos cravos e espinhas. “Devido ser um queratolítico, controla as enfermidades causadas pelo excesso de queratina”, endossa a especialista. Segundo Adriana Vilarinho, a função esfoliante do ácido salicílico ajuda a deixar a derme menos espessa.

“Limpa mais profundamente a pele, controla a produção de sebo e desobstrui os poros”, sustenta Adriana Vilarinho.

Rosto de jovem mulher
A substância limpa profundamente a pele

Segundo a expert, outras regalias de passar o produto são as ação antibacteriana, anti-inflamatória e antifúngica. “Previne infecções por bactérias e fungos, bem como as inflamações resultantes da acne”. Falando sobre cútis acneica, Adriana lembra que o diagnóstico vai além de apenas uma avaliação física. “Precisamos averiguar as causas que levaram ao surgimento ou piora do quadro por meio de exames e histórico do paciente”, salienta a médica.

Conforme frisa a especialista, o componente é encontrado em séruns e pode ser utilizado tanto na rotina da manhã, antes da aplicação do filtro solar, quanto à noite. “O que define o melhor horário é a concentração do produto”, garante a médica. No tópico contraindicações, as gestantes estão proibidas de usar a fórmula. “Vale consultar a dermatologista para buscar outra sugestão que substitua a fórmula, caso não possa interromper o tratamento para a acne”, ressalta.

mulher se olhando no espelho e aplicando produto no rosto
O produto é indicado para pele oleosa com propensão à acne

Em relação a quantidade ideal da dosagem a ser aplicada, Adriana diz: “Não há uma regra. Os que promovem mais benefícios são os séruns e cremes, pois trazem concentrações maiores. Cada pele tem suas características e necessidades. É preciso avaliar o paciente 360° a fim de diagnosticar a origem ou motivo de piora da acne e assim prescrever a dosagem indicada para cada caso”. Ao adquirir, a médica indica ficar atenta ao índice de concentração do ácido salicílico.

“Para evitar desconfortos e possíveis alergias, consulte sempre a dosagem adequada para seu tipo de pele com um dermatologista”, recomenda Adriana.

Sobre a especialista

Adriana Vilarinho é graduada em medicina e fez residência em dermatologia pela Faculdade de Medicina do ABC, em São Paulo. Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a expert escreveu o livro Beleza à Flor da Pele, publicado pela editora Abril em 2005. A especialista integra a Academia Americana de Dermatologia (AAD). Ela comanda cinco unidades da clínica homônima em SP. O endereço costuma atrair famosos.

Foto colorida. Adriana Vilarinho
A médica publicou o livro Beleza à flor da pele

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias