Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Dermatologista dá dicas para prevenir a acne nas costas e no bumbum

A coluna conversou com Lidia Machado, dermatologista do corpo de profissionais da Juliana Piquet Clínica, no Rio de Janeiro

atualizado 13/01/2022 14:23

Passar a mão nas costas e sentir bolhinhas inflamadas em alto relevo. Mais um pouco abaixo, as mesmas protuberâncias também estão espalhadas pelo bumbum. Se pensa que a acne aparece apenas no rosto, ledo engano. Infelizmente, as temíveis espinhas surgem em diversas regiões do corpo. Caso sofra com a condição ou tenha começado a passar pelo problema recentemente, a coluna Claudia Meireles está aqui para te ajudar.

Para esclarecer dúvidas e aconselhar sobre como tratar as espinhas nas costas e bumbum, a coluna conversou com Lidia Machado, dermatologista integrante do corpo de profissionais da Juliana Piquet Clínica, no Rio de Janeiro. Segundo a médica, a acne é uma doença multifatorial. “Genética, hormonal e o ambiente [higiene e alimentação, por exemplo] são os principais fatores implicados”, destaca.

Mulher com manchas nas costas
A acne acomete outras regiões do corpo, como as costas

Atenção!

Lidia explica ser comum as pessoas apresentarem espinhas nas costas, entretanto, fica o alerta da especialista quando surgirem nas nádegas: “O bumbum não é um local onde surge acne comumente”. Ela enfatiza que as lesões inflamatórias desenvolvidas na região e que se assemelham a acne geralmente se tratam de pseudofoliculite. O quadro decorre do atrito da pele com roupas apertadas, suadas ou quem trabalha muito tempo sentado.

Mulher de calcinha branca com a mão no bumbum
A médica explicou sobre a condição que surgem nas nádegas

“Não são espinhas, são chamadas de pseudofoliculite nas nádegas. É uma inflamação dos folículos pilosos de causa e mecanismos diferentes da acne”, reforça a médica.

Cosméticos

Nas costas, as espinhas podem ser agravadas pelo uso de cosméticos, como leave-in, loções, óleos, condicionadores e máscaras de hidratação. No caso dos itens capilares, quando aplicados nos fios, há uma transferência do produto para a região o que, consequentemente, piora o quadro dermatológico. As fórmulas contribuem para a obstrução da secreção natural de oleosidade, causando a chamada acne cosmética.

Para evitar o surgimento das espinhas decorrentes do uso dos produtos capilares, Lidia Machado orienta lavar o dorso e as costas com sabonete próprio para pele oleosa após enxaguar os cabelos. A sugestão da dermatologista ajuda a tirar os resquícios de cosméticos que possam ficar na região corporal.

Mulher lavando o cabelo castanho sob o chuveiro
Os produtos capilares escorrem pelas costas e ficam resquícios na região

Em relação às loções corporais, a expert deixa o lembrete que esses produtos também podem gerar a acne nas costas, em especial, os cremes com textura oleosa. Fórmulas com óleos minerais integram a lista de fatores que tendem a provocar a condição dermatológica, conforme elucida a profissional: “Os óleos são os mais implicados. Esteróides de uso tópico e oral também”.

A dermatologista da Juliana Piquet Clínica faz uma ressalva: “O que causa o quadro nessas áreas não é o estímulo à glândula sebácea, mas sim a obstrução delas. É preciso ter uma predisposição para a acne nessas regiões”.

Mulher parda de costas
Cuidado com os produtos de beleza aplicados na pele

Tratamento

Antes de sair comprando produtos para tratar acne nas costas e a pseudofoliculite no bumbum, a expert lembra que é preciso consultar um dermatologista. O especialista irá confirmar o diagnóstico de forma apropriada. Lidia deixa o lembrete para não adquirir fórmulas que trazem na composição ácidos, pois devem ser usados com “muita cautela no corpo”.

“Existem condições como a erupção acneiforme que se parece muito com acne, mas trata-se de uma reação a medicações, caso do corticoide oral e de algumas vitaminas. Procuramos saber se há sinais de distúrbios hormonais ou se o paciente está fazendo alguma reposição ou implante hormonal [os chamados chips]. Assim, avaliamos melhor o tipo de tratamento”, reforça Lídia a respeito de consultar um dermatologista.

Mulher coçando as costas com acne
A dermatologista Lidia Machado esclareceu a respeito da acne nas costas

Dicas

Quer se livrar da acne nas costas e da pseudofoliculite no bumbum? A dermatologista deu cinco dicas de ouro para amenizar ou prevenir o surgimento das espinhas.

Confira os conselhos de Lidia Machado a seguir:

1 – Escolher hidratantes corporais leves, sem óleos minerais;

2 – Lavar a região com sabonete adequado, de preferência, específico para pele oleosa;

3 – Lavar o corpo depois de enxaguar o condicionador do cabelo;

4 – Cuidado com o uso de hormônios, implantes e suplementos alimentares;

5 – Cuidado com as roupas apertadas por conta do atrito. No caso das peças suadas, o risco é a proliferação de bactérias.

6 – Manter uma alimentação saudável e sem exagero de açúcares.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias