Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Conheça o Aflorar Sagrado, espaço holístico criado por Michella Marys

Desde a adolescência, Michella sonhava em trabalhar com terapêuticas naturais. Por isso, ela criou o espaço Aflorar Sagrado

atualizado 04/10/2021 10:14

Espaço Aflorar SagradoArthur Menescal/Especial Metrópoles

Parar para refletir sobre a vida e perceber que uma missão o chama a dar o primeiro passo. Esse é um dos capítulos da história de Michella Marys e do Aflorar Sagrado, espaço voltado ao cuidado do corpo, mente e alma. Embora tenha sido inaugurado oficialmente há pouco tempo, o endereço permaneceu por anos como sonho da psicanalista, até ganhar estrutura física no Lago Sul. “Nasceu em meu coração quando eu tinha 16 anos”, rememora a expert e idealizadora da empreitada em entrevista à coluna Claudia Meireles.

Desde a adolescência, Michella sonhava em trabalhar com terapêuticas naturais por ser um assunto em que se encontrou pessoalmente. “Sempre tive uma conexão muito forte com a natureza. Quando não me sentia bem ou me achava incompreendida de alguma forma, é como se a natureza me compreendesse. Vejo como um refúgio”, analisa. Discípula da filosofia “tudo tem um momento certo para acontecer”, ela recebeu o “chamado para assumir a missão” de fundar o espaço holístico e decidiu obedecer à convocação.

0
Pontapé

Além do chamado, Michella fez o retiro espiritual do Instituto Makia, em São Paulo. O desejo de criar o Aflorar Sagrado, que já estava latente, ganhou um empurrãozinho com os aprendizados no período de reconexão: “Lá [no retiro], trabalha exatamente com tudo o que sonhei e acredito. Por exemplo, a cura está nos elementos da natureza. Eles são presentes divinos”, acredita. Ao ficar disponível para a missão proposta, a psicanalista foi em busca de aumentar a bagagem profissional e estudou o máximo que pôde.

Michella Marys
Aflorar Sagrado

“Quando você tem de lidar com o ser humano e a diversidade humana, o máximo que se doa é o mínimo”, salienta Michella Marys. Ao esboçar o Aflorar Sagrado, a idealizadora quis oferecer tratamentos que a auxiliaram e fortaleceram em momentos difíceis. “Foi a minha base, o meu alicerce. Se eu não tivesse tudo isso, não sei se suportaria”, recorda. A psicanalista defende ser preciso compartilhar os meios capazes de salvar uma pessoa desesperada com problemas.

Michella Marys e Simone Bandeira
A dupla Michella Marys e Simone Bandeira está à frente do projeto

“Eu já estive no fundo do poço e saí por conta desses tratamentos. Vejo que muitas pessoas se encontram em um momento em que elas não acreditam mais em nada. Elas estão desesperançosas como já estive. Pensei: ‘Por que não levar para elas todo amor, apoio, carinho e tudo o que recebi?”, alega Michella. Na avaliação dela, fundar o Aflorar Sagrado é uma maneira de agradecer “a tudo o que recebeu” para enfrentar e vencer os obstáculos.

Resgate

“Mente sã, corpo são e alma plena.” Esse foi o pilar que norteou Michella ao desenvolver o Aflorar Sagrado. Quando uma pessoa pisar no espaço, encontrará, em primeiro lugar, acolhimento, amorosidade, orientação, não julgamento, cristais e terapias, conforme lista a idealizadora. No ambiente, ela almeja fazer as pessoas resgatarem o “real eu”, que, por vezes, ficou esquecido ou está sufocado. “Nascemos com a nossa essência divina, só que os padrões da sociedade nos limitam e esquecemos de fato quem somos”, frisa.

Entrevista sobre o espaço Aflorar Sagrado, de Michella Marys
A psicanalista vê o Aflorar Sagrado como uma forma de retribuir o apoio e acolhimento
Entrevista sobre o espaço Aflorar Sagrado, de Michella Marys
Detalhes da entrada

Segundo a psicanalista, as pessoas criam uma personalidade para satisfazer os outros, no caso, personagens. “Muitas vezes, nós acreditamos ser aquilo”, pontua. Entretanto, as “máscaras” caem a partir do autoconhecimento, primeira etapa do processo de reflexão sobre si próprio. O segundo ponto exige a expansão da consciência, conforme explica Michella: “Você verá quais são os seus pontos fortes e os potencializa. Entenderá os frágeis e, em vez de eles te controlarem, você os controla, compreende os gatilhos, fica em alerta e depois expande”.

Entrevista sobre o espaço Aflorar Sagrado, de Michella Marys
Cristais
Terapêuticas

Há quem postergue o máximo até tratar do corpo, mente e alma. Caso você pertença ao grupo, segue um conselho de Michella Marys: “Somos seres plenos. Não adianta ter o material e não ser paz. Não adianta ter o corpo físico bem trabalhado e não ser harmonia”. Ela enfatiza a respeito de cuidar do trio como forma de alcançar o equilíbrio e viver bem. “Nós somos seres integrantes, mente, alma, corpo e o todo. Eu acredito neste trabalho em conjunto. Nada disso é divisível”, reforça.

Do leque de terapêuticas oferecidas no Aflorar Sagrado, promete conquistar quem decidir ir ao endereço a Quantum Ressonance Crystal Bed. Com exclusividade no Brasil, a cama trabalha a cristaloterapia, cromoterapia, ultravioleta, biomagnetismo e musicoterapia por meio da frequência. Desenvolvido a fim de ser um espaço personalizado para atender um pessoa de modo particular, existem ainda turmas de ioga e pilates para no máximo cinco alunos.

Entrevista sobre o espaço Aflorar Sagrado
Michella com a colunista Claudia Meireles

Compõem o elenco de tratamentos: fisioterapia; psicanálise; reiki; florais; aromaterapia; iogoterapia; ho’oponopono; massagens diversas; harmonização dos chakras; reconstrução de ventre; cura por meio da integração com a natureza; desenho geométrico sagrado; cura da criança interior ferida; entre outras. Questionada sobre o processo de indicação das terapêuticas, Michella explicou o passo a passo dos atendimentos. Depois da consulta presencial, o indivíduo passa pelo Biowell, terapêutica que mede o estado funcional e energético corporal.

Michella Marys
Ela sempre teve o sonho de criar um espaço para tratar o corpo, mente e alma

Uma espécie de scanner, o Biowell é um equipamento que parece com uma ressonância magnética. “Ele irá medir a sua aura, nível de estresse, além da energia das partes do corpo e das glândulas responsáveis pelos chakras”, salienta a idealizadora do Aflorar Sagrado. Ao término do exame, há a emissão de um laudo, o qual será analisado por Michella Marys: “Vou estudar o que precisa trabalhar em cada área”. Vale destacar que uma pessoa não faz uso de uma única terapêutica, mas sim de várias, a depender do dia.

“Às vezes, as pessoas perguntam assim: ‘Qual terapia você vai aplicar em mim?’ Todas. Como eu também sou psicanalista, posso ouvir se a pessoa quiser falar. Se ela não quiser falar, a energia que trabalha. Com a consulta inicial e constância, saberei o que ela precisa naquele momento: ser ouvida, de um aterramento, sentar na cama de cristais, meditação guiada, ir ao canto da ressignificação ou do amor. Não vai ter uma ordem ou algo rígido. Será oferecido algo cada vez que ela vir”, afirma Michella.

Entrevista sobre o espaço Aflorar Sagrado, de Michella Marys
Michella fundou o espaço holístico
Entrevista sobre o espaço Aflorar Sagrado, de Michella Marys
Um dos ambientes do Aflorar Sagrado
Parceria

Ao lado de Michella Marys, está Simone Bandeira. As duas firmaram uma parceria firme e forte no Aflorar Sagrado. Ela tem um currículo extenso, com cursos de fisioterapeuta, acupunturista, profissional de reiki, RPG e hataioga. Inclusive, a expert chegou a acompanhar a equipe paraolímpica dos atletas de basquete em cadeira de rodas. A amizade da dupla começou a partir de uma postagem do Instagram e caminhou para algo maior.

Simone Bandeira
Simone Bandeira
Simone Bandeira e Michella Marys
Simone Bandeira e Michella Marys

“Nós duas fizemos uma casadinha muito boa. Ela faz o que eu não faço e eu faço o que ela não faz”, esclarece Michella. Simone conta que chegou de forma não planejada em Brasília. “Sempre me despertou o lado holístico para a vida. Aquela curiosidade para enxergar além da matéria. Eu gosto muito de ser humano e cada um de nós tem uma alma que habita, algo grandioso”, salienta a fisioterapeuta. Após cursar especializações, em especial a de reiki, ela pediu que “fosse uma condutora” de curas, mas de modo gentil, honesto e carinhoso. “É um chamado que grita dentro de você”, conclui.

0
Espaço

Quando planejou o Aflorar Sagrado, Michella pensou que as pessoas encontrassem tranquilidade, paz e si mesmo após cruzarem o portão de entrada. No jardim, foram colocados cristais combatentes, de cores mais escuras, capazes de absorver a energia do cansaço, tristeza e fardo. Já no interior do ambiente, constam cristais que remetem ao equilíbrio e à serenidade – por exemplo, amazonita, drusas e quartzo rosa. Nas salas de ioga e meditação, foram fixadas, em pontos estratégicos, pedras com energia mais leve.

0

A maioria dos lugares voltados a terapias holísticas, integrativas e alternativas traz cores fortes na composição. A idealizadora optou pelo inverso, tonalidades pastel. “O tom vibrante passa força, mas aqui que não é um retiro esporádico nem um lugar para ir de vez em quando. Criamos um espaço para frequentarem semanalmente ou se quiserem diariamente. Pensei em cores que remetem à calmaria”, garante. Detalhista, Michella idealizou cada particularidade do ambiente. Até as xícaras têm formato de coração, como forma de expressar amor.

Entrevista sobre o espaço Aflorar Sagrado, de Michella Marys.
O espaço conta com um leque de cristais
Entrevista sobre o espaço Aflorar Sagrado, de Michella Marys
Geizia Divina colaboradora do Aflorar Sagrado. Até as xícaras têm formato de coração
Simone Bandeira e Michella Marys
Simone Bandeira e Michella Marys

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias