Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Autobiografia de Harry é uma vingança a William, diz expert da realeza

O príncipe passou a vida em segundo plano, enquanto o irmão mais velho se destacava como o herdeiro da coroa britânica

atualizado 22/07/2021 16:06

O príncipe Harry está escrevendo, há aproximadamente um ano, uma autobiografia que pode abalar de vez a relação com a família real por trazer relatos íntimos e nunca antes revelados. Na avaliação da biógrafa do filho mais nova da princesa Diana, Angela Levin, o livro é uma grande vingança por Harry ter passado a vida à sombra do irmão, o príncipe William.

“A única coisa que consigo pensar é que ele quer vingança. Ele está farto de ser o herdeiro sobressalente”, disse Angela ao jornal The Sun.

A relação entre os irmãos parece abalada desde que o duque de Sussex decidiu ser independente financeiramente da coroa britânica, eximindo-se dos compromissos reais, e se mudou para os Estados Unidos com a esposa, a atriz Meghan Markle.

0

No entanto, há quem diga que a competição entre eles é de longa data. William é o segundo na ordem de sucessão ao troco britânico, atrás apenas do pai, o príncipe Charles.

Na adolescência, ele era convidado para tomar chá com a avó e a bisavó, a rainha Elizabeth II e a rainha-mãe, respectivamente, para ter as primeiras aulas sobre como ser um monarca, enquanto Harry não tinha permissão para participar.

O Duque de Cambridge também se destacava de Harry na escola, com melhores resultados, e teve uma juventude mais discreta e sem polêmicas, ao contrário do irmão caçula.

“Ele [Harry] sempre teve que ficar em segundo lugar e Meghan o disse que isso não estava certo”, afirma a escritora. “O príncipe Harry e sua esposa sabem que podem marcar um grande número de pontos se abrindo e dizendo todos os tipos de coisas particulares sobre a realeza”, avalia Angela.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias