Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Antes da pandemia, academia de luxo já tinha protocolo para o “novo normal”

A O2 Fitness, no Lago Sul, nasceu com propostas que, em meio à pandemia, são atraentes para quem teme sair de casa

atualizado 02/09/2020 16:52

academia o2 fitnessANDRE BORGES/ESP. METRÓPOLES

Em janeiro deste ano, a coluna Claudia Meireles noticiou, com exclusividade, que uma nova academia tomaria forma no Lago Sul. A novidade ficou por conta da O2 Fitness, empreendimento que visa alcançar um público seleto devido ao seu conceito ultragym.

Dois meses depois, a pandemia de coronavírus chegou ao Brasil e forçou o fechamento do comércio e o confinamento social. De lá para cá, a retomada das atividades tem sido gradual e extremamente cuidadosa. Os estabelecimentos se planejam diariamente, conforme as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde.

Desde a inauguração, a O2 Fitness conta com a tecnologia como aliada. Algumas medidas, como reconhecimento facial para acesso ao recinto e abertura de armários por aplicativo, além de portas de vidro que se abrem automaticamente, sem a necessidade de contato manual, foram implantadas desde o nascimento do negócio. Hoje, esses fatores são considerados essenciais para barrar a contaminação da Covid-19.

Sabendo desse diferencial, os sócios do empreendimento, Paulo Albuquerque, Thiago Castro, Josiel Cabral e Murilo Hypolito, almejam atrair alunos que ainda temem a saída de suas casas por medo de contraírem a doença. Além do uso da tecnologia, a academia de 1.400m² ganhou reforço nas medidas de segurança sanitária ao utilizar máquinas de desinfecção duas vezes ao dia.

Todos os alunos recebem um kit de limpeza com pano, álcool e lenços umedecidos descartáveis. Pequenas placas foram instaladas em cada equipamento – o objetivo é avisar se o aparelho foi utilizado anteriormente por outro aluno para que receba limpeza desinfectante de um funcionário.

Tapetes sanitizantes estão em vários pontos da ultragym, que limitou, também, o número de alunos. Atualmente, são permitidos apenas cinco em cada horário.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias