Masculynah: Arthur Benozzati namora há 2 anos e curte próprios memes

Ao Metrópoles, o "médico gato do SAMU", como é conhecido, revelou detalhes da vida pessoal e desabafou sobre a repercussão da sua imagem

Reprodução/InstagramReprodução/Instagram

atualizado 19/06/2019 15:47

Com quase 200 mil seguidores no Instagram, o médico gato do SAMU Arthur Benozzati conquistou uma legião de fãs com vídeos feitos na função Stories da rede social, nos quais surge sensualizando. Com muito carão, o dermatologista — agora também influenciador digital — também tem feito sucesso como um meme, espalhado internet afora.

Mas Arthur — ou melhor, “Masculynah” — não se importa com a chuva de risos recebidos por causa de sua imagem. Vaidoso ao extremo, como admite ao Metrópoles, o médico, por vezes, é chamado de “artificial”. “Aceito bem as críticas, mas tenho plena convicção do que sou, do que gosto e do que procuro. Não me considero artificial”, declara.

Formado pela UNIFACISA, em Campina Grande, na Paraíba, Arthur passa a maior parte do tempo no Rio Grande do Norte, onde transita entre as cidades de Acari e Natal. Visto como piada nas redes, o “Masculynah” não tem problemas em ajudar na diversão alheia. Pelo contrário, curte bastante a repercussão — ele chama os próprios fãs de “masculyners” — e chegou a criar uma conta no Twitter no último fim de semana.

“Sou muito tranquilo e tenho uma excelente receptividade em relação aos memes. Confesso que estou amando tuitar. Tem sido muito gratificante o carinho de todos, não só no Twitter, mas também no Instagram e no Facebook”, diz Arthur, que revela ter se tornado um meme nacional desde 2017.

Na época, em consequência dos vídeos “sensuais”, mulheres acharam que o médico era heterossexual. Sem revelar se é gay ou bissexual, Arthur relembra de onde surgiu seu apelido. “Em 2018 [as mulheres] descobriram que, na verdade, eu não era hétero e nem tão másculo, originando o bordão ‘Masculynah'”, conta.

Não é, Clayson?

Mas Arthur não costuma surgir na internet sozinho. Pelo menos, não nos últimos tempos. Não é, Clayson? O influencer namora o arquiteto Clayson Bezerra há dois anos e afirma que o boy magia “é tímido nas redes, mas está se divertindo com a repercussão” de seu perfil. “Nós nos conhecemos no Instagram. Motivo? Ele sempre teve o sonho de fazer plástica no nariz e se deparou com o meu”, explica.

“Clayson resolveu perguntar qual era o cirurgião que o tinha feito. Mas, na verdade, meu nariz é genética mesmo, não foi realizado nenhum procedimento. Depois disso nos falamos por alguns dias e ele foi me conhecer. Estamos juntos há dois anos e somos muito felizes”, revela Arthur.

 

Ver essa foto no Instagram

 

A origem do HIT “NÃO É CLAYSON?” @vogalhotel

Uma publicação compartilhada por DR. ARTHUR BENOZZATI 💎 (@arthurbenozzati) em

Homofóbicos

Benozzati, que conta com o apoio familiar, concilia bem a profissão como médico e agora como influenciador. Porém, deseja conhecer novos ares e “tornar o dia das pessoas mais leves, com tranquilidade, amor e passar sempre minhas dicas de embelezamento”. Além disso, afirma adorar receber permuta e pede: “Que venham mais!”.

Alheio à política nacional, Arthur, porém, está por dentro das notícias envolvendo a criminalização da homofobia. Aos homofóbicos de plantão, o dermatologista é direito: “Paz, amor e muito colágeno”.

SOBRE O AUTOR
Saullo Brenner

Integrante da equipe do portal desde agosto de 2017, atua como repórter e social media. É autor do livro A Confissão de Palomino, publicado em 2019 pela Editora Metrópoles, e foi finalista do Prêmio Abracopel, na categoria Internet, em 2018.

Últimas notícias