Estou com preguiça. De onde tirar motivação para fazer exercícios?

É importante entender qual a verdadeira importância do movimento na vida. Tire de perspectiva a reclamação

atualizado 05/10/2020 11:52

Exercicio-casa Fabio Formaggio/Getty Images

Antes de você decidir qual exercício você gosta ou não gosta, qual é mais eficiente e qual é o seu objetivo com o treino, é preciso, primeiramente, sair do planejamento para a ação.

No primeiro momento, é necessário apenas se movimentar e dar o primeiro passo, ou seja, começar. Depois disso, você pensa nesses detalhes. Até chegar nesse ponto, o importante é se mexer, a fim de desenvolver disciplina e assiduidade.

Tirar o plano de emagrecer da cabeça e fazer dele uma realidade vai te exigir aprender a lidar um pouquinho com a zona de conforto. Praticar atividade física é difícil e gera, sim, alguns incômodos. Porém, saber lidar com esse “desconforto” vai te fazer evoluir.

Nos frustramos por não realizarmos o que nos propomos. A frustração, por sua vez, só acontece quando deixamos cumprir metas por não estarmos dispostos a enfrentar as dificuldades que aparecem.

É importante entender qual a verdadeira importância do movimento na vida. Tire de perspectiva a reclamação. Esqueça frases como: “Estou desanimado, não está dando tempo, eu não gosto de exercício”.

Nem sempre estamos animados para malhar, mas temos que ir mesmo assim.

Na vida, é necessário lidar com aquilo que, supostamente, não queremos o tempo todo. Não passa pela nossa cabeça deixar de fazer o básico, como trabalhar, escovar os dentes, tomar banho…  Com o movimento, é do mesmo jeito!

Últimas notícias