Shows liberados: evento no Rio inspira outras cidades do país

Recife, Campinas, Belo Horizonte, São Paulo, Belém, Fortaleza, Salvador e Brasília viraram os olhos para a Cidade Maravilhosa

atualizado 18/10/2020 19:13

DIKRAN JUNIOR/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Oficialmente, os shows e eventos no Rio estão liberados e bombando. O Jardim das Artes, que acontece no gramado da Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, foi montado de acordo com todas as exigências e regras impostas pela OMS e virou referência para outras cidades.

“Recife, Campinas, Belo Horizonte, São Paulo, Belém, Fortaleza, Salvador, Brasília, todas essas praças viraram seus olhos para o Rio de Janeiro. Recebi diversos produtores desses lugares para verem o projeto, dividimos e trocamos experiências e eles adoraram. O Rio foi o pioneiro de vender esse projeto e está retomando tudo na frente de todos”, conta Marcelo Vital, produtor do evento.

Dentre os projetos contidos no Jardim das Artes, o Jardim do Samba atingiu tamanho sucesso que esgotou os ingressos para todas as suas edições com o Grupo Menos é Mais, Sorriso Maroto e com o Cantor Belo. Para o dia 24 de outubro, a expectativa é que esgote novamente, com os grupos Pixote e Revelação.

Dia 31 de outubro, o samba e o pagode dão lugar ao axé e ao sertanejo, com apresentações da Banda Eva e do Bloco Chora Me Liga, no evento EVA PRIVaTe. O Jardim das Artes conta com lounges exclusivos para seis pessoas, mantendo todo o distanciamento social necessário. Todos os lounges estarão dispostos com distanciamento de dois metros entre eles.

Abaixo, Marcelo Vital explica um pouco como funciona o evento que virou referência no Brasil.

– Evento abre às 20h, cada setor (dividido em cores) tem horário marcado de 30 em 30 minutos para o público chegar;
– Todos os ingressos são de forma digital, através de aplicativo;
– Toda venda de ingressos será on-line (apenas lounges). Não haverá venda avulsa de ingressos;
– No ingresso terá descrita a lista de conduta com todas as regras no interior do evento;
– É expressamente proibido sair dos lounges, inclusive, temos uma regra descrita na lista de conduta que, na insistência em sair do lounge, a pessoa será convidada a se retirar do evento.
– Placa com as regras escritas em cada lounge;
– Vídeo no início do evento, explicando e reforçando todas as regras de conduta;
– Obrigatório uso de máscara para entrar na arena. Caso o cliente não possua, a produção do evento disponibiliza uma descartável;
– Na entrada, aferimento de temperatura;
– Na entrada, tapetes sanitizantes com quaternário de amônio;
– Na entrada, álcool 70% em gel;
– Na entrada, área de espera com espaçamento marcado no chão, com distanciamento de 2 em 2 metros;
– 25 pessoas para acompanhar os clientes até seus lounges. Estas demoram uma média de 5 minutos para irem e voltarem, evitando qualquer tipo de espera e/ou aglomeração na porta;
– 30 seguranças (1 para cada 5 camarotes, ajudando no controle das pessoas;
– Todos os lounges higienizados com quaternário de amônio por empresa credenciada, antes de cada sessão;
– Alcool 70% em gel, disponibilizado em cada lounge;
– Ida ao banheiro marcada por meio de aplicativo;
– Obrigatório o uso de máscara na ida ao banheiro.
– Saída do evento feita com horário marcado por meio de aplicativo;
– Todos os alimentos e bebidas vendidos por meio de aplicativo.
– Todos os alimentos e bebidas servidos em descartáveis;
– Todos os pagamentos feitos por meio de aplicativo;
– As empresas que fornecem alimentos e bebidas, obrigatoriamente, apresentam Licenças Sanitárias;
– Toda staff com EPI completo (máscara, facer shield, luvas);
– Solicitado o apoio dos órgãos de segurança pública.

Últimas notícias