MC Jottapê sobre nova temporada de Sintonia, na Netflix: “Vai quebrar tudo”

O funkeiro voltará a encarnar o papel principal da série

atualizado 18/10/2020 16:43

Reprodução / Instagram

A série Sintonia, da Netflix, com ideia original, produção e direção KondZilla, voltou aos holofotes nacionais depois de ganhar o cobiçado troféu do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, na categoria de ficção de TV paga, no início desta semana.

Em bate papo com a Coluna Leo Dias, MC Jotapê, o protagonista da série, falou sobre a segunda temporada. “O que será que eu posso falar da segunda temporada? Que a gente já começou a ler o roteiro e, garanto, essa nova parte da história vai quebrar tudo de novo. Na primeira temporada, o Donizete não viveu nenhum romance, teve apenas algumas ficadas. Mas, quem sabe na segunda, a gente vê alguma história de amor?”, disse.

0

E completou: “Depois da primeira temporada, muita coisa mudou na minha carreira. As pessoas me conheceram muito mais depois desse trabalho. E eu também tive uma sorte grande porque assim que a série saiu, eu tinha uma música recém lançada. Estreei a versão de funk de Old Town Road, do Lil Nas X, no mesmo mês que Sintonia chegou na Netflix. Todo esse combo me ajudou a ser inserido de vez nesse meio e eu sou muito agradecido”.

João Pedro, o Jottapê, tem apenas 20 anos, mas já esteve em produções da Rede Globo como Avenida Brasil, e no SBT, com o remake de Chiquititas. Hoje, ele colhe os frutos do mega sucesso que a série Sintonia se tornou.

“Atuar com o Christin Malheiros foi uma honra, a gente se ajudou muito. Eu consegui ter uma troca muito boa com ele. Por exemplo, como a série era ambientada em uma favela de São Paulo, tive de dar algumas dicas para ele sobre gírias locais, sabe? Sou de São Paulo e ele é da baixada santista. A gente se deu muito bem”, contou.

O Mc rasgou elogios a Bruna Mascarenhas também. “Gostei muito de atuar com a Bruna. O mais legal foi participar da adaptação do sotaque dela, sabe. Eu consegui ajudá-la bastante também”, externou.

Menino da quebrada 

Para quem não sabe, o músico nasceu em uma comunidade da zona norte de São Paulo e, por esse motivo, foi escalado para dar vida ao papel de Donizete. “A minha relação com a favela continua sendo a mesma. Frequento o local ainda e a gente não pode esquecer nunca de onde nós pertencemos, né? Os meus amigos, da minha quebrada, são meus parceiros até hoje. Sou nascido e criado na Vila Brasilândia. Sou um menino de quebrada e tenho muito orgulho disso. Sou da favela e eu amei fazer parte dessa produção para mostrar ao mundo como é que é a nossa realidade”, disse o dono do hit Sentou e Gostou.

Para ele, todos aqueles que saem de favelas com o sonho de desbravar o mundo, possuem mais força de vontade do que os demais. “A favela venceu. Eu acho que a mensagem que a série queria passar, ela conseguiu transmitir. A ideia era fazer as pessoas descobrirem qual é a realidade dentro de uma comunidade e Sintonia, realmente, conseguiu fazer isso”, disse Jotapê.

Sintonia foi ao ar no ano de 2019, pela Netflix, com uma história em torno dos personagens Doni (Jottapê), Nando (Christian Malheiros) e Rita (Bruna Mascarenhas). Os jovens deram vida aos seus personagens e mostraram um pouco do que é o cotidiano das favelas de São Paulo. Nela, os diretores abordaram o tráfico de drogas, os famosos baile funks das comunidade e a forma que a religião se tornou uma máfia dentro delas. A segunda edição da série já foi confirmada e deve chegar ainda no primeiro semestre de 2021.

Últimas notícias