Ex-comandante, Sheyla Sampaio não comparece à troca de chefia da PMDF

A coronel foi representada na tradicional cerimônia pelo atual subcomandante da corporação, o também coronel Sérgio Luiz Ferreira de Souza

atualizado 30/08/2019 6:57

Material cedido ao Metrópoles

A troca do comando da Polícia Militar do Distrito Federal, realizada na tarde dessa quinta-feira (29/08/2019), contou com uma ausência: a ex-comandante da tropa, coronel Sheyla Sampaio, não compareceu à tradicional solenidade, ocorrida no pátio da Academia da PMDF (foto em destaque).

O cargo foi transmitido ao novo chefe da corporação, coronel Julian Rocha Pontes, pelo atual subcomandante-geral, coronel Sérgio Luiz Ferreira de Souza. O vice-governador Paco Britto (Avante) conduziu a oficialização da mudança.

Primeira mulher a ocupar o comando da PMDF, a coronel Sheyla Sampaio foi  exonerada após um “desalinhamento” com o governo e o secretário de Segurança Pública, Anderson Torres.

Logo após a decisão do governador Ibaneis Rocha (MDB), a militar pediu para integrar a reserva remunerada da corporação. De acordo com o Estatuto dos Policiais Militares do DF, é facultado ao coronel exonerado ou demitido do cargo de comandante-geral requerer transferência para a reserva remunerada quando não contar 30 anos de serviço.

Últimas notícias