Em 5 horas de reunião com secretariado, Ibaneis pede união e cobra entrega de obras no DF

Encontro foi virtual e teve participação de todo o primeiro escalão do GDF. O governador focou nas realizações e evitou assuntos polêmicos

atualizado 10/09/2020 16:44

Reprodução

Em isolamento social adotado desde o diagnóstico positivo para o novo coronavírus, o governador Ibaneis Rocha (MDB) se reuniu, virtualmente, com a equipe de secretários do Governo do Distrito Federal (GDF) nesta quinta-feira (10/9).

Durante cinco horas, o chefe do Executivo local cobrou de todo o secretariado a inauguração de obras públicas e a finalização daquelas já iniciadas, com prazo de entrega estipulado para até o fim do ano. O emedebista também pregou união para acelerar os projetos da atual gestão, tocados por mais de uma pasta.

As considerações ocorreram na presença de todo o primeiro escalão do Palácio do Buriti, por meio do aplicativo Cisco Webex. A videoconferência foi convocada pela Casa Civil. Marcado para começar às 10h30 desta quinta, o encontro se estendeu até as 15h30.

Durante a reunião, que contou também com a presença do vice-governador do DF, Paco Britto (Avante), Ibaneis fez as considerações iniciais, dando ênfase aos resultados que cada pasta poderia apresentar até o fim de 2020. Contudo, preferiu ouvir mais do que falar, e acompanhou o balanço de cada gestor. “A população não pode mais esperar”, frisou.

O emedebista avaliou positivamente o trabalho desenvolvido por sua gestão e evitou tocar em assuntos polêmicos. Não mencionou as operações deflagradas pelo Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT) e pela Polícia Civil do DF (PCDF), que investigam esquemas de corrupção supostamente montados para desviar verbas da Saúde e da Educação.

De acordo com o governador, agora é hora de cada secretário focar o trabalho em ações e benfeitorias para que possam apresentar os resultados práticos aos brasilienses.

Entre algumas das prioridades abordadas, estava o pacote de quatro obras anunciadas para desafogar o trânsito da via Estrutural e da Estrada Parque Taguatinga (EPTG). Com investimento estimado em R$ 13,8 milhões, as pistas e vias de acessos devem beneficiar os moradores de Águas Claras, Taguatinga e Vicente Pires. Juntas, as cidades reúnem cerca de meio milhão de habitantes.

No total, serão quatro pontes na região, que devem começar a ser entregues até o fim do mês de outubro, conforme adiantaram a Secretaria de Obras e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF).

O governador chamou a atenção também para o trabalho que o GDF tem feito diante da pandemia de Covid-19 e salientou ser importante mostrar à população as ações tomadas até o momento.

Sobre a arrecadação de impostos, Ibaneis destacou mudanças que estão ajudando o GDF a não sofrer com a inadimplência do ICMS e do IPTU, mantendo as contas em dia.

0
Coronavírus

Ibaneis Rocha informou na última terça-feira (8/9) que teve o diagnóstico confirmado para o novo coronavírus. Segundo o chefe do Executivo local, a doença comprometeu 5% de sua capacidade pulmonar. O exame foi realizado pela manhã. Outro procedimento está marcado para a manhã de sexta-feira (11/9), no hospital DF Star.

A primeira-dama do DF, Mayara Noronha, e os filhos do governador testaram negativo para a Covid-19.

Outros integrantes do alto escalão do GDF já enfrentaram a doença. Entre eles, o vice-governador Paco Britto e os secretários de Economia, André Clemente; de Segurança Pública, Anderson Torres; e o de Governo, Humberto Pires.

Últimas notícias