“Vou te dar um tiro na cara”, ameaça ex-deputado Bessa a porteiro

Ex-diretor da PCDF se irritou após o funcionário impedir a entrada de delivery no condomínio onde ele mora

atualizado 13/11/2019 16:15

Reprodução

Em novo vídeo obtido pela coluna, o ex-deputado federal Laerte Bessa aparece ameaçando o porteiro do condomínio onde ele mora em Águas Claras.

Descontrolado, o ex-parlamentar, que dirigiu a Polícia Civil do DF na gestão Roriz, agride o funcionário e dispara: “Vou te dar um tiro na cara”.

O policial civil aposentado se irritou porque o porteiro não permitiu a entrada de um motoboy com delivery na noite dessa terça-feira (12/11/2019), como revelado há pouco pela coluna.

O porteiro registrou ocorrência na 21ª Delegacia de Polícia (Pistão Sul). “Fiquei arrependido. Foi um momento de explosão. Dei um empurrão nele. Vou à delegacia esclarecer os fatos e, no momento oportuno, pedirei desculpas ao funcionário”, afirmou Bessa. O ex-parlamentar disse, ainda, que não estava armado.

Em maio de 2018, Bessa foi acusado de dar um soco no subsecretário de Articulação Federal da Casa Civil do Distrito Federal, Edvaldo Dias da Silva, na Câmara dos Deputados. Na época, ele negou a agressão. Em novembro do mesmo ano, trocou empurrões com Alberto Fraga (DEM) no plenário da Casa. O ex-parlamentar é conhecido pelo temperamento explosivo.

 

Últimas notícias