Bolsonaro fez lembrete para não esquecer Caiado e prefeito goiano

Durante explanação para a imprensa sobre coronavírus, presidente anotou cargos do governador de Goiás e do líder político de Anápolis

Foto: Luciana LimaFoto: Luciana Lima

atualizado 07/02/2020 13:09

Precavido, o presidente Jair Bolsonaro anotou o sobrenome do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e o cargo do prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PP), para não esquecer de fazer a referência aos dois em uma explanação para a imprensa. Atenta, a repórter Luciana Lima fotografou a folha com os lembretes.

Isso aconteceu na manhã desta sexta-feira (07/02/2020), no Ministério da Defesa, durante exposição de Bolsonaro sobre as medidas tomadas para tirar os brasileiros de Wuhan, na China, como medida preventiva contra o coronavírus.

O presidente que chegou ao Planalto com campanha contra a velha política. Candidato a mais um mandato, não deixa de afagar os líderes políticos do DEM e do PP.

SOBRE OS AUTORES
Eumano Silva

Chefiou as sucursais das revistas Época e IstoÉ, foi editor de Política no Correio Braziliense, editor-executivo no Congresso em Foco e editor-chefe da revista Veja Brasília. Como repórter, trabalhou na Folha de S.Paulo, Veja, O Estado de S.Paulo e Diário do Sul. Ganhou o Prêmio Jabuti de Melhor Livro-Reportagem, com a obra Operação Araguaia: Os Arquivos Secretos da Guerrilha, e o Prêmio Esso Regional de Reportagem.

Luciana Lima

Jornalista formada pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), atua em redações de jornal, rádio, TV e internet desde 1998. Como repórter, trabalha na política nacional, em Brasília, atuando na cobertura das últimas campanhas eleitorais e reportando os fatos políticos e bastidores do Congresso e do Planalto. Também acompanhou acontecimentos internacionais de relevância, como a expansão da política externa brasileira na África e Oriente, o terremoto ocorrido no Haiti em 2010 e visitas presidenciais à Europa e à América Latina.

Últimas notícias