Gretchen relembra violência doméstica presenciada na infância

"Minhas referências são o oposto do que a minha mãe era. Ela foi a referência de mulher que eu não queria ser", declarou a cantora

atualizado 27/10/2021 15:51

Instagram/Reprodução

Em participação no programa Drag Me as a Queen, do canal E!, Gretchen abriu o coração sobre a violência doméstica que presenciou durante sua infância. A artista, que cresceu vendo a mãe ser vítima dos abusos do pai, conta que não queria o mesmo para si, uma vez que as lembranças causaram um impacto muito grande nas suas relações atuais.

“Minhas referências são o oposto do que a minha mãe era. Ela foi a referência de mulher que eu não queria ser”, declarou.

De acordo com a cantora, o pai, que serviu na 2ª Guerra Mundial, sofria de problemas alcoólicos. “Muita coisa eu entendia. Agora, ele era alcóolotra, batia na minha mãe. Eu sabia tudo o que eu não queria para mim. Eu não admitia o que ele fazia com a minha mãe, então eu queria ser como ela deveria ser com ele”, explica.

Leia a matéria na íntegra no site Famosos e Celebridades, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias