Ex-banda de Gabriel Diniz já sofreu quatro mortes trágicas

O músico esteve à frente da Cavaleiros do Forró por um ano, antes de seguir carreira solo

ReproduçãoReprodução

atualizado 27/05/2019 19:29

A banda Cavaleiros do Forró já contou com 20 vocalistas desde seu início, em 2001. Entre os músicos esteve Gabriel Diniz, que ocupou o cargo de 2010 a 2011. Falecido nesta segunda-feira (27/05/2019), vítima de um acidente aéreo em Sergipe, o cantor foi o quarto componente do grupo a morrer de forma trágica.

O primeiro ex-vocalista a falecer foi José Inácio, que estava acompanhado pelo guitarrista Edivam da Silva em 3 de maio de 2004, em Goianinha, interior do Rio Grande do Norte. Os músicos, que faziam parte da Cavaleiros, voltavam de um show num ônibus particular quando sofreram um acidente de trânsito. Ambos vieram a óbito.

Anos depois, em 16 de junho de 2017, a então vocalista Eliza Clívia faleceu, vítima de um acidente de carro. Em Aracaju, Sergipe, a cantora estava em um automóvel que colidiu contra um ônibus. Além dela, Sergio Ramos, seu marido, morreu. Eliza esteve à frente da banda por 10 anos.

Gabriel Diniz iniciou carreira solo somente um ano após cantar para a Cavaleiros. Em 2018, lançou o hit Jenifer, que o consagrou como músico. Nesta segunda-feira, Diniz morreu enquanto fazia um voo num avião monomotor que seguia rumo a Maceió (AL). Outras duas pessoas também foram vitimadas na tragédia.

Últimas notícias