*
 

O domingo de Carnaval reuniu cerca de 1,47 milhão de pessoas na capital paulista. Só na Avenida 23 de Maio, que recebeu blocos carnavalescos pela primeira vez neste domingo (11/2), passaram cerca de 1,2 milhão de pessoas, segundo estimativa da prefeitura municipal. O Sambódromo do Anhembi, por onde desfilaram ontem oito escolas do grupo de acesso, e que teve transmissão ao vivo da TV Brasil, recebeu cerca de 20 mil pessoas.

As ruas da capital paulista receberam ontem 46 blocos carnavalescos, entre eles, um que contou com a presença do cantor Sidney Magal, na Praça da República, no centro. Os maiores blocos, no entanto, se concentraram na Avenida 23 de Maio e foram bem recebidos pela população, embora com relatos nas redes sociais de confusão no local.

Procurada pela Agência Brasil, a Polícia Militar disse, por meio de nota, não ter sido notificada sobre qualquer irregularidade no trabalho de seus agentes durante o Carnaval e que vai apurar os relatos feitos pelos foliões.

Atendimentos médicos, lixo e multas
Segundo a prefeitura, as equipes de saúde municipais realizaram 131 atendimentos médicos no Sambódromo do Anhembi. Já nas ruas da capital foram 395 atendimentos. Entre sexta-feira e ontem, foram coletadas 572 toneladas de lixo nas ruas e no Sambódromo.

A prefeitura informou ainda que 1.134 sacos com produtos irregulares e 13 carrinhos foram apreendidos nos bairros da Sé, Vila Mariana e Pinheiros, por onde passaram a maioria dos blocos carnavalescos. Também foram emitidas 78 notificações de multa para pessoas que foram pegas urinando nas ruas da capital.

 

 

COMENTE

São Paulocarnaval 2018FoliõesAvenida 23 de maio
comunicar erro à redação

Leia mais: Carnaval