Wyllys troca PSol pelo PT e Lula diz: “Seja bem-vindo, companheiro”

Decisão do ex-deputado acontece após pesquisa do Datafolha ter divulgado Lula à frente de Bolsonaro na corrida presidencial

atualizado 20/05/2021 22:03

JeanReprodução/Facebook

O ex-deputado federal Jean Wyllys, de 47 anos, decidiu voltar para a vida pública, mas agora de casa nova: ele deixou o Partido Socialismo e Liberdade (PSol), do qual foi integrante por cerca de 11 anos, e anunciou, nesta quinta-feira (20/5), sua filiação ao Partido dos Trabalhadores (PT).

O político renunciou ao mandato de deputado federal em 2019, alegando que estava sofrendo ameaças de morte, e atualmente mora em Barcelona, na Espanha.

Nas redes sociais, Wyllys comemorou a escolha.

Veja:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, líder máximo da legenda petista, já desejou as boas-vindas ao novo “companheiro”.

O PT aproveitou a notícia para incentivar novas filiações à legenda:

Crítico do governo Bolsonaro, Wyllys decide mudar de partido após pesquisa de intenção de voto para a Presidência da República divulgada pelo instituto Datafolha ter mostrado o ex-presidente Lula na liderança em simulações de primeiro e de segundo turnos.

Estratégia de luta

Em janeiro de 2019, o então deputado federal pelo PSol do Rio de Janeiro desistiu do mandato, para o qual tinha sido reeleito, e deixou o Brasil.

A decisão, segundo ele, foi tomada por medo de ameaças de morte, que teriam sido intensificadas na ocasião.

Em mensagem de despedida nas redes sociais, Wyllys disse: “Preservar a vida ameaçada é também uma estratégia da luta por dias melhores”.

0

Mais lidas
Últimas notícias