Vídeo: comerciantes contra lockdown bloqueiam BR-153 em Goiânia

Grupo está reunido em ponto da rodovia que fica na altura da sede da prefeitura da capital. Congestionamento já é de 5 Km nos dois sentidos

atualizado 15/03/2021 12:59

manifestantes contra lockdown bloqueiam BR-153 em goiânia. eles são contra o lockdown e medidas de restrição contra a covid-19Reprodução

Goiânia – Um grupo de manifestantes, composto por trabalhadores e comerciantes contrários às medidas restritivas contra a Covid-19 adotadas em Goiânia (GO), bloqueou completamente, na manhã desta segunda-feira (15/3), a passagem de veículos na BR-153.

Eles se reuniram na altura do Paço Municipal, sede da prefeitura da capital goiana. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 12h30, o congestionamento já era de mais de 5 quilômetros nos dois sentidos da rodovia.

Os manifestantes garantem que não têm hora para desocupar a via, uma das mais importantes da região e que corta a capital de norte a sul.

Veja a situação no local:

O grupo expressa revolta, desde a semana passada, quando ficaram proibidas as vendas presenciais em bares e restaurantes. Empresários e trabalhadores chegaram a fazer manifestação em frente a prefeitura.

Em nova decisão, no fim de semana, o prefeito Rogério Cruz (Republicanos) decidiu manter as restrições por mais 14 dias. Nesse domingo (14/3), os manifestantes fizeram carreatas pela cidade contra as medidas restritivas.

Confusão

A polícia está no ponto de bloqueio da rodovia tentando liberar o tráfego de veículos. Em nota, a PRF informou que está em contato com lideranças do movimento. Elas buscam um encontro com o prefeito de Goiânia para discutir a flexibilização das regras.

As imagens mostram pessoas segurando cartazes que questionam o funcionamento de outros setores, como do transporte público, enquanto o comércio deve permanecer fechado. Alguns manifestantes, inclusive, aparecem sem máscara, no local.

Goiânia e cidades da região metropolitana estão em calamidade, segundo classificação feita pela Secretaria de Estado de Saúde de Goiás (SES-GO). Os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) regulados pelo município seguem próximos de 100% de ocupação.

O mesmo acontece em âmbito estadual. Apesar do aumento dos leitos e inauguração de novos hospitais de campanha, Goiás seguia, na manhã desta segunda, com uma ocupação acima de 97%. Os números seguem preocupando as autoridades.

0

Últimas notícias