Veja lotes com registro de doses vencidas da AstraZeneca e o que fazer

Metrópoles mostrou que há registros de aplicação de 1,2 mil doses vencidas, de 3 lotes, em 160 cidades de 23 estados

atualizado 24/04/2021 18:46

Vacina AstraZenecaJaap Arriens/NurPhoto via Getty Images

Dados oficiais do Ministério da Saúde analisados pelo Metrópoles registram a aplicação de doses vencidas da vacina Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19 em 1.254 pessoas de 160 cidades brasileiras. Até agora, apenas o município de Dracena, no interior de São Paulo, admitiu o erro em 80 vacinados e informou que eles serão acompanhados e deverão receber uma nova dose do imunizante daqui a um mês.

O cartão de vacinas não traz a data de validade do imunizante, mas registra o lote do qual ele faz parte, o que pode ajudar quem recebeu a dose a saber se pode ou não ter sido vacinado com dose vencida.

Todos os registros se referem a doses da vacina AstraZeneca que vieram da Índia na primeira remessa ao Brasil, em janeiro.

De acordo com o registro no Ministério da Saúde, o lote 4120Z001 foi autorizado para ser distribuído em 24 de fevereiro e vencia em 29 de março. A maior parte dos casos de aplicação de vacinas vencidas mapeados pela reportagem se refere a esse lote. Foram 869 casos identificados em cinco estados. Já os lotes 4120Z004 – com 108 casos em cinco estados – e 4120Z005 – 277 casos em 17 Unidades da Federação – foram autorizados em 22 de janeiro e venceram em 13 e 14 de abril, respectivamente.

Enquanto não há orientação oficial, quem desconfia que pode ter tomado uma vacina vencida pode procurar um posto de saúde para buscar mais informações. É importante levar o cartão de vacina.

Em Dracena, o prefeito André Lemos (Patriota) pediu para que as pessoas não fiquem em pânico e disse que as doses não devem funcionar, mas que haverá acompanhamento e revacinação.

A orientação de especialistas é esta: identificado o erro, os municípios que aplicaram as doses vencidas precisam acompanhar os imunizados erroneamente por um período básico de 30 dias, e depois revaciná-los, como se fosse a primeira dose. A partir de então, conta o prazo normal para a segunda aplicação.

Até 160 cidades em 23 estados aplicaram vacinas vencidas contra a Covid-19 na população, segundo dados oficiais do Ministério da Saúde. Os microdados de vacinação compilados pela pasta apontam que 1.254 pessoas foram inoculadas com doses de lotes do imunizante da Oxford/AstraZeneca cuja data de expiração já tinha passado.

Para chegar a informação, o (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, cruzou as informações oficiais sobre vacinas aplicadas com os registros de envios de imunizantes para as unidades da federação, onde constam a data de vencimento para cada lote.

Veja as cidades onde há registro de aplicação de vacinas vencidas:

 

0

Últimas notícias