Variante sul-africana do coronavírus é identificada em Sorocaba (SP)

Como paciente não viajou, há possibilidade de que a variante seja evolução da P1 em direção à mutação da África do Sul

atualizado 31/03/2021 13:46

laboratórioRobson Valverde/SES-SC

São Paulo – Foi identificada em São Paulo uma nova cepa do coronavírus semelhante à variante sul-africana. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (31/3) pelo diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.

De acordo com ele, a pesquisa foi concluída na terça (30/3) e confirmou a cepa sul-africana, mas há um porém: não há histórico de viagem do paciente.

“O que indica a possibilidade que seja evolução da variante P1 em direção a mutação da Africa do Sul”, explicou.

Questionado sobre os próximos passos, Covas afirmou que o Butantan seguirá na observação do surgimento das variantes e que é preciso ter dimensão da incidência nessa nova cepa.

“O que nós temos que fazer é o sequenciamento rotineiro para monitorar as variantes”, disse.

Últimas notícias