*
 

Um áudio divulgado na tarde desta quarta-feira (30/11) pela Blu Radio, da Colômbia, revela os vários pedidos para pousar do piloto do avião que transportava o time da Chapecoense. Os 11 minutos de gravação seriam as últimas palavras trocadas com a torre de controle do aeroporto José Maria Córdova, em Medellín, antes de a aeronave cair na terça-feira (29).

No áudio, o piloto boliviano Miguel Quiroga relata que estava sem combustível e pede autorização para pousar imediatamente. O primeiro pedido é feito aos dois minutos da gravação (escute abaixo).

No diálogo, é possível ouvir uma controladora de voo explicar que o pouso não podia ocorrer porque havia uma emergência com outra aeronave — da VivaColombia. O procedimento padrão foi seguido: ela deu ordens para que o avião que transportava o time catarinense desse algumas voltas pela região e esperasse novo contato.

Daí em diante, a conversa com a torre de controle se estende por vários minutos até Quiroga dizer: “O avião está em falha total elétrica e sem combustível”. Os controladores tentam chamar pelo piloto por cerca de mais dois minutos, mas não obtêm resposta.

A aeronave que levava os jogadores da Chapecoense a Medellín, onde a equipe disputaria a primeira partida da final Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional nesta quarta-feira (30), perdeu contato com a torre de comando e, segundo informações da aviação colombiana, caiu por volta da 1h, matando 71 das 77 pessoas a bordo.

Confira as últimas palavras do piloto:

Piloto: Senhora, LaMia 933 está com falha total, falha elétrica total, sem combustível.
Torre de controle: Pista livre e esperando chuva sobre a superfície, LaMia 933. Bombeiros alertados.
Piloto: (…) Vetores, senhora, vetores para a pista.
Torre: O sinal do radar se perdeu, não tenho, notifique o rumo agora.
(…)
Torre: Não tenho sua altitude, LaMia 933.
Piloto: 9 mil pés, senhora… Vetores, vetores.
Torre: Você está a 8,2 milhas da pista.
Piloto: Jesus.
Torre: Qual altitude tem agora?
Torre: LaMia 933, posição?

Ouça os 11 minutos finais do voo:

 

 

COMENTE

ChapecoensePiloto
comunicar erro à redação

Leia mais: Transporte