Coronavírus: TST determina teletrabalho a servidores que viajaram

Durante 15 dias, servidores que tenham regressado de viagens a localidades em que há casos registrados trabalharão de casa

atualizado 16/03/2020 11:52

A presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministra Cristina Peduzzi, determinou o regime de teletrabalho temporário, pelo prazo de 15 dias, aos servidores que tenham regressado de viagens a localidades em que estão ocorrendo contaminações de coronavírus.

A medida, segundo despacho, foi tomada diante da necessidade de manter os serviços do tribunal e de reduzir as possibilidades de transmissão de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

“Leva em conta, ainda, os recursos de tecnologia da informação, que permitem a realização do serviço de forma remota”, destaca trecho do texto.

De acordo com o ato, os servidores que estiverem afastados devem informar à chefia imediata a localidade em que estiveram em data anterior ao retorno do trabalho. Em caso de dúvida sobre as localidades em que o risco se apresenta, a chefia consultará a Secretaria de Saúde do TST.

Nesta quarta-feira (11/03), a Organização Mundial da Saúde (OMS) mudou a classificação das infecções do coronavírus e reconheceu como pandemia o avanço da doença.

O Ministério da Saúde atualizou a situação do coronavírus no Brasil. Até o momento, o país tem 37 casos confirmados, 876 sob investigação e 888 descartados.

Foram incluídos casos do Rio Grande do Sul e outros dois no Rio de Janeiro. Agora, há casos registrados no estado fluminense, no Espírito Santo, na Bahia, em São Paulo, em Alagoas, no Rio Grande do Sul, no Distrito Federal e em Minas Gerais.

Governo federal
Após o aumento de casos suspeitos e comprovados do novo coronavírus no Brasil, o governo federal editou regras de higiene no ambiente de trabalho para servidores. O Ministério da Economia recomendou aos funcionários públicos fiquem em casa quando estiverem doentes.

O texto é enfático: funcionários doentes devem ficar em casa, evitar contato com pessoas que apresentem sintomas da doença e limpar objetos e superfícies tocados com frequência.

Últimas notícias