São Paulo confirma transmissão comunitária da Ômicron

Prefeitura identificou três novos casos da Ômicron que não tiveram contato com primeiro paciente diagnosticado com a variante na cidade

atualizado 17/12/2021 20:57

testagem teste de CoViD 19 voltada a assintomáticosRafaela Felicciano/Metrópoles

São Paulo – A Prefeitura de São Paulo confirmou nesta sexta-feira (17/12) transmissão comunitária da variante Ômicron do coronavírus. Isso significa que já não é mais possível rastrear a origem da infecção pela nova variante.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, foram identificados três novos casos de Covid-19 infectados pela Ômicron que não têm relação com o paciente de 67 anos, diagnosticado com a variante na sexta-feira (10/12).

Os novos registros da cepa são de duas mulheres, de 22 e 65 anos, e de um homem de 30 anos.

“Com esses três novos casos, a capital soma 13 identificados da nova variante. Neste momento é possível afirmar que tratam-se de casos de transmissão comunitária. Os pacientes apresentam sintomas leves, negam viagens recentes e contato com viajantes”, diz a secretaria em nota.

Ainda segundo o órgão, todos os envolvidos estão sendo acompanhados por profissionais da secretaria, cumprindo a quarentena em casa.

Mais lidas
Últimas notícias