Republicanos e Russomanno decidem apoiar Bruno Covas em São Paulo

Em nota, partido diz que atual prefeito é "pessoa mais preparada" para o cargo. Russomanno terminou o primeiro turno em 4º lugar

atualizado 17/11/2020 20:52

Candidato à Prefeitura de São Paulo pelo Republicanos, Celso RussomannoRafaela Felicciano/Metrópoles

São Paulo – O Republicanos e o deputado federal Celso Russomanno, que disputou as eleições pela Prefeitura de São Paulo pelo partido, decidiram apoiar o atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), no segundo turno da capital paulista.

“O partido entende que a moderação e o equilíbrio são fundamentais para que a cidade possa avançar e que Bruno Covas é a pessoa mais preparada para isso”, diz nota do Republicanos enviada à imprensa, que também é assinada por Russomanno.

Covas foi alvo de ataques no primeiro turno de Russomanno, que foi apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O partido do candidato antes das eleições já fazia parte da gestão municipal do atual prefeito.

Sobre a possibilidade de aceitar o apoio do deputado, Covas disse, em coletiva após a divulgação do resultado do primeiro turno no domingo (15/11), que “apoio não se nega”. “Nós vamos aceitar qualquer apoio, claro, dentro do campo democrático”, afirmou.

Candidato derreteu

Russomanno começou as eleições na liderança das intenções de votos, mas derreteu durante a campanha e terminou o primeiro turno em quarto lugar, atrás de Guilherme Boulos (PSol), que foi ao segundo turno, e Márcio França (PSB).

0

Últimas notícias