Queiroga sobre 140 casos na Copa América: “É uma situação tranquila”

Desde o início do torneio, foram realizados 15.235 testes. O número de infectados corresponde a 0,9% do total

atualizado 22/06/2021 20:17

Marcelo Queiroga chega para depor na CPI da CovidHugo Barreto/Metrópoles

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, não demostrou preocupação em relação aos 140 casos positivos de Covid-19. O chefe da pasta classificou como “uma situação tranquila” e disse que o Ministério da Saúde está acompanhando a competição para que “os protocolos sejam cumpridos”.

Queiroga ainda disse que esse número “é um sinal que os programas de testagem estão funcionando”. E continuou: “A maioria desses são prestadores de serviço. A maior probabilidade é que essa contaminação seja comunitária, não tenha a ver com os atletas e nem a comissão técnica das equipes”.

A informação dos 140 casos foi confirmada, na segunda-feira (21/6), pela Conmebol. A maioria dos que testaram positivo são operários, membros de delegações e funcionários terceirizados, segundo destaque do próprio informativo.

Desde o início do torneio, foram realizados 15.235 testes. O número de infectados corresponde a 0,9% do total.

De acordo com a Conmebol, a incidência de casos está diminuindo em relação ao último balanço divulgado pela entidade em parceria com o Ministério da Saúde.

A testagem, segundo a confederação, atende desde os atletas ao pessoal operacional da confederação, incluindo árbitros, técnicos, assistentes e funcionários terceirizados.

Últimas notícias