São Paulo cancela Carnaval de rua e mantém desfile de escolas de samba

Ricardo Nunes, prefeito de SP, anunciou nesta quinta (6/1) o cancelamento dos desfiles de blocos de rua. Festa no sambódromo será mantida

atualizado 06/01/2022 12:01

Carnaval de São PauloRovena Rosa/Agência Brasil

São Paulo – O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), anunciou nesta quinta-feira (6/1) o cancelamento do Carnaval de rua da cidade. A decisão foi tomada após reunião com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Vigilância Sanitária municipal.

Já os desfiles das escolas de samba no Sambódromo do Anhembi permanecem confirmados entre os dias 25 e 28 de fevereiro, mas estão condicionados à adoção de protocolos sanitários pela Liga SP – como exigência de certificado de vacinação, uso de máscaras e testagem.

Na reunião, a Vigilância Sanitária apresentou estudos que mostram o avanço de casos de Covid-19 na cidade, que tendem a aumentar com a circulação da variante Ômicron.

 

0

Na última quarta-feira (5/1), o Fórum Aberto dos Blocos de Carnaval SP – composto por Bangalafumenga, Monobloco, Gambiarra, Me Lembra que Eu Vou e outros – divulgou um manifesto contrário aos desfiles de rua na capital no Carnaval deste ano, ainda que a prefeitura decidisse manter a festa.

 

 

Mais lidas
Últimas notícias