Postos de vacinação de drive-thru funcionarão neste domingo em SP

Estado começou a vacinar idosos acima de 80 anos neste sábado. Pacaembu tem fila de mais de seis horas

atualizado 27/02/2021 18:42

Início da vacinação de idosos acima de 85 anos contra o coronavírus no Estádio do Pacaembu na Praça Charles Miller, zona oeste de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (11)Fábio Vieira/Metrópoles

São Paulo – Os postos de vacinação contra Covid-19 nos cinco drive-thrus da capital paulista funcionarão neste domingo (28/2) para a aplicação da primeira dose em idosos acima de 80 anos. A ação será feita pela prefeitura com apoio do governo estadual.

“Amanhã, que não estava prevista a vacinação, os drive-thrus estarão operando das 8h da manhã às 19h, com exceção do Corinthians, que será até às 17h. O drive-thru tem se mostrado a melhor opção para a vacinação dos idosos, mais seguro e mais confortável”, afirmou governador de São Paulo, João Doria, que esteve neste sábado no início da vacinação de idosos entre 80 e 84 anos no estádio do Pacaembu, na capital paulista.

Vão funcionar das 8h até às 19horas, os drive-thrus do Pacaembu, Anhembi , Igreja Boas Novas, na Vila Prudente e do Autódromo de Interlagos. Já o drive-thru instalado no Neo-Química Arena atenderá até 17horas.

No posto do Pacaembu, longas filas de carros se formaram desde manhã. Eder Ubirajara, 38 anos, chegou às 10h e só conseguiu vacinar a sogra, de 83 anos, depois das 16h. “Foram quase sete horas de fila. Viemos da zona norte da cidade”, afirmou.

Dória foi abordado por idosos que reclamavam das filas. “É uma ansiedade natural e nó a temos que estar preparados para isso. Mesmo com fila, todos estão com muita calma, com o entendimento que a fila se faz pela vida”, afirmou.

0

Pelo cronograma inicial, o público dessa faixa receberia a primeira dose da vacina contra a Covid-19 a partir da próxima segunda (1°), mas a data foi antecipada para hoje. Na próxima quarta-feira (3/3), o governo de São Paulo começa a aplicar a primeira dose em pessoas de 77 a 79 anos.

Segundo o governo, cerca de 563 mil pessoas entre 80 e 84 anos e outras 430 mil pessoas que estão na faixa de 77 a 79 anos devem ser vacinadas no estado.

Últimas notícias