Michel Temer é vacinado contra a Covid-19 em São Paulo

À imprensa, o ex-presidente reforçou a importância da imunização

atualizado 27/02/2021 14:06

Com 80 anos, o ex-presidente da República Michel Temer (MDB) foi vacinado na manhã deste sábado, 27/02, no Pacaembu, zona oeste de São Paulo. Parte do grupo prioritário, o emedebista compareceu a um posto de vacinação drive-thru e faz coro aos cerca de 563 mil idosos de 80 e 84 anos, que já tomaram pelo menos a primeira dose do imunizante contra a Covid-19 na capital paulista. Ele recebeu a Coronavac.

À imprensa, Temer incentivou a imunização de toda a população e afirmou que, depois da segunda dose, pretende ficar um pouco mais à vontade ao sair. Reforçou, no entanto, que continuará com todos os cuidados. “Vacinar é se cuidar, se proteger, é cuidar e proteger o próximo. Vacinar é preciso”, disse.

Assim como Dilma Rousseff (PT), Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e outros ex-presidente brasileiros, Michel Temer foi convidado pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), para tomar a vacina antes do previsto para sua faixa etária, ainda em janeiro. Por respeito à fila, preferiu esperar a vez.

Ainda assim, Temer, em companhia de FHC e Sarney, participou de ato pró-vacina organizado por Doria em 25 de janeiro. Na ocasião ressaltou a importância da vacinação e da “não politização” dos imunizantes: “Não pode haver nenhuma disputa em relação às vacinas, venham de onde vierem, desde que testadas e aprovadas”.

Últimas notícias