Itamaraty cumprimenta Emmanuel Macron por reeleição na França

Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro não se manifestou pessoal ou publicamente sobre a vitória do homólogo francês, com quem tem desavença

atualizado 25/04/2022 17:59

Palácio do Itamaraty, na Esplanada dos Ministérios. Vê-se em primeiro plano o lago e ao fundo o prédio - Metrópoles. Ministério das Relações Exteriores do BrasilRafaela Felicciano/Metrópoles

Após aproximadamente 24 horas, o Ministério das Relações Exteriores do Brasil cumprimentou, nesta segunda-feira (25/4), o presidente da França, Emmanuel Macron, por sua reeleição no domingo (24/4).

O mandatário francês, que é de centro-direita, venceu Marine Le Pen, de extrema-direita, por 58,5% a 41,5%.

“O governo brasileiro cumprimenta o senhor Emmanuel Macron por sua reeleição à Presidência da República Francesa”, divulgou o Itamaraty, em nota padrão e enxuta.

“O Brasil reafirma a disposição de trabalhar pelo aprofundamento dos laços históricos que unem os dois países e trazem benefícios mútuos a brasileiros e franceses, e manifesta expectativa de seguir implementando a ampla agenda bilateral”, acrescenta.

0

Apesar da manifestação do governo brasileiro, o presidente Jair Bolsonaro (PL) não se pronunciou pessoalmente sobre a vitória do francês. Bolsonaro e Macron possuem desavenças e já trocaram farpas inúmeras vezes; o chefe do Executivo brasileiro, inclusive, proferiu ofensas pessoais contra a esposa de Macron e primeira-dama francesa, Brigitte Macron.

Diversos líderes mundiais já parabenizaram o francês pela vitória sobre a candidata da extrema-direita.

A eleição

Reeleito, Macron comandará a França pelos próximos cinco anos. O país é a segunda maior economia da União Europeia e o único membro permanente do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) do bloco europeu.

O presidente francês e Le Pen repetiram o mesmo cenário da eleição de 2017. À época, Macron saiu vitorioso com vantagem maior que agora: 66%. Ele é o primeiro mandatário a ser reeleito desde Jacques Chirac (1995-2007).

Centrista pró-Europa, Macron, de 44 anos, é muito criticado por sua imagem de elitista e arrogante.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias