Bolsonaro sobre Macron criticar soja do Brasil: “Conhece nem o país dele”

Na terça-feira (12/1), presidente francês afirmou que Europa depender da soja brasileira é endossar desmatamento da Amazônia

atualizado 14/01/2021 21:28

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta quinta-feira (14/1) que o presidente da França, Emmanuel Macron, não conhece nem o próprio país e “fica dando pitaco aqui no Brasil”.

A declaração foi feita durante transmissão ao vivo nas redes sociais e em reção após Macron afirmar, no início da semana, que depender da soja brasileira é endossar o desmatamento da Amazônia. O francês ainda defendeu coerência nas “ambições ecológicas” e disse que irá lutar para produzir soja na Europa.

“Pelo amor de Deus, seu Macron. ‘Não compre soja do Brasil porque assim você não desmata a Amazônia, compre soja da França’. A França produz de soja 20% do que a cidade de Sorriso produz aqui em Mato Grosso. Fica falando besteira aí, ô, seu Macron, não conhece nem o seu país. Fica dando pitaco aqui no Brasil”, afirmou Bolsonaro.

Desde 2019, Macron tem dado declarações públicas de descontentamento com a política ambiental brasileira, principalmente após as fortes queimadas na Amazônia serem noticiadas no mundo todo.

“Vá procurar um palmo de mata ciliar na França. Vá procurar uma floresta… Quanto de floresta tem a França? Porque eles falam tanto em reflorestamento, em dar dinheiro pra nós. Não tem que dar dinheiro pra nós, não, nós vamos dar mudas de árvores para você replantar, reflorestar aí. Quer reflorestar seu país? Estamos à disposição para colaborar nesse sentido, nós temos muda para isso daí, pô. Agora fica o tempo todo mentindo pra nós, mentindo, pregando contra o Brasil. Lamentavelmente se faz o tempo todo campanha contra o Brasil”, continuou Bolsonaro.

Interesses protecionistas

Ao comentar a declaração de Macron, o vice-presidente Hamilton Mourão, disse na quarta (13/1) que o líder francês desconhece a produção de soja no Brasil e que as críticas feitas por ele externaram “interesses políticos de agricultores franceses”.

“Monsieur Macron n’est pas bien [o senhor Macron não está bem, em tradução literal]. Macron desconhece a produção de soja no Brasil. Nossa produção de soja é feita no sul do país, na Amazônia é ínfima. […] Então, eu acho que nada mais, nada menos, [Macron] externou aí aqueles interesses protecionistas dos agricultores franceses. Faz parte do jogo político”, disse Mourão.

Últimas notícias