“O senhor Macron não está bem”, diz Mourão após críticas do líder francês

O presidente da França voltou a atacar o desmatamento na Amazônia brasileira e disse que quer produzir a própria soja

atualizado 13/01/2021 15:52

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), afirmou, em francês, na manhã desta quarta-feira (13/1), que o presidente da França, Emmanuel Macron, não está bem. “Monsieur Macron n’est pas bien”, disse.

“Monsieur Macron n’est pas bien! Monsieur Macron desconhece a produção de soja no Brasil. Nossa produção de soja é feita no sul do país, na Amazônia é ínfima”, disse o general, ao rebater declaração do presidente francês. “Por outro lado, a nossa capacidade de produção é imbatível, nossa competição nesse ramo está muito acima dos concorrentes”, declarou.

O presidente francês disse, nessa terça-feira (12/1), que gostaria de deixar de importar soja do Brasil e, para isso, apelou aos europeus que passem a produzir a própria soja.

“Continuar a depender da soja brasileira é endossar o desmatamento na Amazônia. Somos coerentes com nossas ambições ecológicas, vamos lutar para produzir soja na Europa”, escreveu o mandatário francês no Twitter.

0

Mourão rebateu as críticas de Macron ao dizer que, no Brasil, menos de 8% do território é dedicado à agricultura, enquanto na França essa área é de 60%. “Então, eu acho que ele, nada mais e nada menos, externou interesses protecionistas dos agricultores franceses, e isso faz parte do jogo político, ele não tem condições de competir com a gente, é a mesma coisa em outros aspectos em que a indústria francesa era melhor. Agora no aspecto da produção agrícola nós damos de 10 a 0 neles”, finalizou.

Últimas notícias