Governo divulga dados sobre violência policial em 2019: 1.486 denúncias

Decisão de publicar os números ocorre após a Justiça Federal no Rio de Janeiro determinar prazo de 5 dias para apresentação dos registros

atualizado 22/06/2020 23:01

Andre Borges/Esp. Metrópoles

O Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, comandado pela ministra Damares Alves, decidiu divulgar na noite desta segunda-feira (22/06) o número de denúncias de violência policial recebidas pelo Disque 100 em 2019. De acordo com as tabelas tornadas públicas pela pasta, o total de denúncias chega a 1.486 – 9% a menos do que foi observado no ano passado, quando o sistema registrou 1.637 reclamações.

De acordo com os números apresentados nas tabelas, São Paulo é o estado que lidera a estatística, com 319 denúncias, ou seja, com 21,47% do total. É seguido por Minas Gerais, com 227 denúncias (15,28%), Ceará, com 122 (8,21%), e Rio de Janeiro, com 84 denúncias (5,65%).

A decisão de divulgar os números ocorre logo após a Justiça Federal no Rio de Janeiro atender a um pedido do Ministério Público Federal (MPF), dando um prazo de 5 dias para que os dados fossem publicizados.

Na semana passada, a pasta divulgou o relatório sobre direitos humanos e suprimiu esses úmeros, alegando que “foram identificadas inconsistências em seus registros”.

De acordo com a pasta, a Corregedoria Nacional de Direitos Humanos continua contestando os números, apesar da divulgação. O órgão afirma que seguirá com estudos no sentido de encontrar formas de sanar as inconsistências em até 60 dias.

Os relatórios com os dados de 2016, 2017 e 2018 revelaram um aumento das denúncias registradas através do Disque 100 — canal disponibilizado pelo ministério para esta ação. Já no ano passado houve, como mostrou o relatório, redução.

A decisão da Justiça do Rio de Janeiro atende a um pedido foi feito pelo procurador Júlio Araújo.

Confira a tabela:

Fonte: Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos
0

Últimas notícias