General Heleno dispara contra Lula: “Merece prisão perpétua”. Veja

Durante café da manhã com jornalistas nessa quarta, o ministro disse ainda sentir vergonha de ter tido o petista como chefe do Executivo

atualizado 14/06/2019 18:28

Reprodução

Durante café da manhã do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), com jornalistas nesta sexta-feira (14/06/2019), o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, se exaltou quando falou sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo ele, um “presidente da República desonesto tem que tomar prisão perpétua”.

Visivelmente exaltado, o general ainda afirmou sentir vergonha de ter tido um chefe do Executivo como o petista, preso desde abril de 2018 devido à sentença no caso relacionado ao triplex do Guarujá (SP).

Confira o vídeo na íntegra: 

“Ele [Lula] ainda aventar a hipótese da facada [em Bolsonaro] ser uma mentira. E será que o câncer dele [Lula] é uma mentira? E o câncer da ‘dona Dilma’ foi mentira? Isso é uma canalhice típica desse sujeito [Lula]”, completou Heleno sobre os questionamentos levantados pelo petista sobre a veracidade da facada.

O presidente Bolsonaro recebeu jornalistas que cobrem o dia a dia do Palácio do Planalto como setoristas. O Metrópoles estava entre os meios de comunicação convidados.

O café
Durante o evento feito pelo Palácio do Planalto nesta manhã, o presidente Jair Bolsonaro não poupou Lula de críticas, chamando, inclusive, o ex-presidente de “canalha”, e reclamou das autorizações para as entrevistas. “Até onde eu saiba, presidiário só presta depoimento, não dá entrevista”, disse Bolsonaro.

Sobre os questionamentos levantados por Lula sobre a veracidade da facada durante a campanha, Bolsonaro reagiu: “Não tenho que dar explicações sobre esse sujeito. Uma facada na barriga do Lula só sairia muita cachaça”. Na sequência, Bolsonaro questionou os jornalistas: “Alguém acha que eu teria dinheiro e influência para inventar uma coisa dessas?”.

Últimas notícias