Doria dispara contra Bolsonaro: “Não são mortos de mentirinha”

Governador se reuniu com o presidente na manhã desta quarta-feira (25/03). Segundo ele, chefe do Executivo tratou de assuntos políticos

Rafael Arbex/Agência estado

atualizado 25/03/2020 12:16

O governador de São Paulo, João Doria (PDSB), criticou, nesta quarta-feira (25/03), a postura do presidente Jair Bolsonaro frente ao avanço dos números de casos da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O tucano afirmou, em rede social, que considerou “decepcionante” o comportamento do presidente ante a pandemia.

“Presidente, no nosso estado temos 40 mortos por Covid-19 dos 46 em todo o Brasil. São pessoas que tinham RG, CPF, e familiares que continuarão sentindo sua falta. Não são mortos de mentirinha, presidente. E essa não é apenas uma ‘gripezinha'”, disparou.

Doria disse ainda que o pronunciamento do presidente, feito na noite dessa terça-feira (24/03), foi “descontratado”.

“Ao invés de discutir medidas para salvar vidas, preferiu falar sobre política e eleições. Lamentável e preocupante. Mais do que nunca precisamos de união, serenidade e equilíbrio para proteger vidas e preservar empregos.”

As críticas do governador paulista foram desenvolvidas em uma série de três tuítes. Veja a seguir:

Últimas notícias