Dois policiais são baleados após show de fogos de artifício nos EUA

Também na segunda-feira (4/7),pelo menos seis pessoas morreram e 24 ficaram feridas em outro tiroteiro, em Illinois

atualizado 05/07/2022 12:44

ArmaMongkol Nitirojsakul/ yeEm/GettyImages

Dois policiais foram baleados em um evento de queima de fogos, na Filadélfia, durante a comemoração da Independência dos EUA . No mesmo dia, lamentavelmente, também pelo menos seis pessoas morreram e outras 24 ficaram feridas em um tiroteio em Highland Park, cidade no estado de Illinois (EUA).

De acordo com a imprensa local, um dos agentes, de 36 anos, foi alvejado de raspão na testa, segundo a polícia. Ele atua há 14 anos na patrulha rodoviária da região. O outro policial, que atuava no Esquadrão Antibombas do Condado de Montgomery há 16 anos, sofreu um ferimento de bala no ombro direito. Ambos atuavam como seguranças no evento.

Após o incidente, os dois foram encaminhados para o Hospital da Universidade de Jefferson e já tiveram alta. As autoridades da cidade, no entanto, ainda não identificaram o possível autor dos disparos.

O prefeito da Filadélfia, Jim Kenney, se manifestou sobre o indidente dizendo que ficou “profundamente grato” pelos policiais não terem se ferido gravemente. Ele também alertou para o risco do aumento do porte das armas de fogo.

“Continuaremos a fazer tudo o que pudermos para combater a violência armada em nossa cidade – incluindo a retirada de um número recorde de armas das ruas – mas estamos travando uma batalha difícil. Estamos pedindo aos legisladores que nos ajudem a parar o fluxo de armas em nossa cidade”, pontuou.

Seis mortos

Pelo menos seis pessoas morreram e outras 24 ficaram feridas em um tiroteio durante o desfile em comemoração ao Dia da Independência, em Highland Park, cidade no estado de Illinois (EUA), nesta segunda-feira (4/7). Em comunicado, a polícia informou o número de vítimas.

 Os indícios apontam que o atirador estava em um telhado quando fez os disparos. Um fuzil foi encontrado e apreendido nas proximidades do local.

Robert E. Crimo III foi preso por volta das 20h (horário local) ainda no estado de Illionois, mas em outra cidade. Ele dirigia um carro que o FBI (Polícia Federal local) já buscava. De acordo com as autoridades, ele tentou fugir ao ser abordado, mas foi capturado após uma “breve perseguição”.

A parada ocorreu nas proximidades do centro da cidade. O desfile foi interrompido cerca de 10 minutos depois de começar às 10h (hora local). Testemunhas afirmam que ouviram um barulho semelhante a mais de 20 disparos.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal:  https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias