metropoles.com

Tiroteio deixa ao menos dois feridos e um morto em Chicago, nos EUA

O autor dos tiros fugiu, mas foi capturado três horas depois. De acordo com a polícia local, as motivações do crime não foram identificadas

atualizado

Compartilhar notícia

Flying Colours Ltd/ Getty Images
Homem mascarado com uma arma nas mãos- Metrópoles
1 de 1 Homem mascarado com uma arma nas mãos- Metrópoles - Foto: Flying Colours Ltd/ Getty Images

Uma pessoa foi morta e outras duas ficaram feridas, neste sábado (25/6), após um tiroteio dentro de uma loja de produtos para automóveis em Bolingbrook, cerca de 40 quilômetros de Chicago, nos Estados Unidos.

O autor dos disparos fugiu, mas foi capturado três horas depois. De acordo com a polícia local, uma das vítimas está internada em estado grave. A outra foi atendida por equipe médica e, em seguida, recebeu alta.

Ainda segundo a corporação, as motivações do crime não foram identificadas.

A situação ocorreu no mesmo dia em que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, sancionou a primeira grande legislação de segurança de armas aprovada pelo Congresso norte-americano em quase 30 anos. 

O projeto, que foi aprovada pela Câmara e pelo Senado, inclui incentivos para os estados aprovarem as chamadas leis de bandeira vermelha. Elas permitem que grupos solicitem aos tribunais a remoção de armas de pessoas consideradas ameaçadoras.

0

A assinatura ocorre pouco mais de um mês após um tiroteio em massa que matou 19 crianças e dois adultos em uma escola primária no Texas e um tiroteio racista em um supermercado em Buffalo, Nova York, que ocasionou a morte de 10 pessoas negras.

Apesar de Biden exaltar a iniciativa como um progresso, há quem discorde. A National Rifle Association, uma das maiores associações mundiais em defesa das armas, por exemplo, diz que se opõe ao projeto de lei e afirma que a legislação pode ser usada para restringir a compra legal e infringir os direitos dos americanos.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações