Coronavírus: ministro Luiz Eduardo Ramos tem resultado negativo

Teste do titular da Secretaria de Governo da Presidência foi feito por "precaução", segundo informou o próprio ministro

Marcos Corrêa/PR

atualizado 19/03/2020 22:38

O resultado do primeiro exame feito pelo ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, deu negativo para Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O resultado foi divulgado na noite desta quinta-feira (19/03).

O teste foi feito na última terça-feira (17/03) por “precaução”, segundo relatou o ministro na ocasião. Ele não acompanhou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na viagem aos Estados Unidos, feita na semana passada.

Ramos, outros ministros e o presidente Bolsonaro fizeram os testes para identificar o novo coronavírus, após a confirmação do secretário especial de Comunicação Social (Secom) da Presidência, Fabio Wajngarten, testar positivo para a infecção.

Além de Wajngarten, o secretário especial adjunto da Secom, Samy Libermam, que também integrou a comitiva, teve resultado positivo para o Covid-19. Com isso, até o momento, são três casos confirmados no Palácio do Planalto.

Até o momento, pelo menos 18 pessoas que estiveram na viagem do presidente Bolsonaro aos EUA contraíram coronavírus. São elas:

  • Augusto Heleno, ministro do Gabinete Institucional;
  • Bento Albuquerque, ministro de Minas e Energia;
  • Daniel Freitas (PSL-SC), deputado federal;
  • Fabio Wajngarten, secretário especial de Comunicação da Presidência;
  • Flavio Roscoe, presidente da Federação das Indústria do Estado de Minas Gerais (Fiemg)
  • Francis Suarez, prefeito de Miami;
  • Karina Kufa, advogada de Jair Bolsonaro;
  • Marcos Troyjo, secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia;
  • Nelsinho Trad (PSD-MS), senador;
  • Nestor Forster, encarregado de negócios do Brasil nos Estados Unidos;
  • Robson Braga de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI);
  • Samy Liberman, secretário Eepecial Adjunto de Comunicação Social da Presidência;
  • Sérgio Lima, publicitário que trabalha com a família Bolsonaro na criação do partido Aliança pelo Brasil;
  • Sergio Segovia, presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil)
  • e quatro integrantes da equipe de apoio da comitiva.
Últimas notícias