Bolsonaro se irrita com militante no Alvorada: “Você é repórter?”

Presidente disse que passou em padaria de Brasília no caminho para casa, nesta quinta-feira (09/04)

atualizado 09/04/2020 19:34

Acostumado a receber palavras de incentivo dos militantes que o esperam diariamente sair e chegar em sua residência oficial, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não gostou de um questionamento que ouviu no fim da tarde desta quinta-feira (09/04) ao chegar ao Palácio da Alvorada.

O presidente chegou pouco antes das 18h ao local e comentou com os simpatizantes, a maioria comerciantes do DF, que havia passado em uma padaria de Brasília “para tomar uma Coca-Cola” no trajeto entre o Palácio do Planalto e o da Alvorada.

Um homem vestindo camiseta da Seleção Brasileira então questionou Bolsonaro sobre uma conversa entre o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e o deputado federal Osmar Terra (MDB) conjecturando a demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. O diálogo foi exposto pela rede de TV CNN Brasil no meio da tarde.

“Você é repórter?”, questionou de volta o presidente, com tom irritado. O homem disse que não era repórter, mas teve os dados anotados pela segunda vez pela equipe de segurança da Presidência.

Bolsonaro também questionou outro militante, que queria lhe mostrar um vídeo da campanha. “Você veio me cobrar promessa de campanha? Você é sindicalista? Eu faço o que eu posso”, disse o presidente.

Bolsonaro não falou com a imprensa, que tentou fazer perguntas sobre a situação política de Mandetta. O presidente não falou nada, mas os militantes reagiram com críticas ao ministro da Saúde, que passa por processo de fritura. “Ele é o presidente, não o Mandetta. Ele demite quem quiser”, gritou um apoiador.

Últimas notícias