Blogueira barrada por falta de qualificação no Iphan ganha cargo na Funarte

Monique Aguiar não pôde assumir a coordenação do Iphan no Rio de Janeiro após manifestação contrária da CGU

atualizado 10/08/2020 13:23

REPRODUÇÃO/FACEBOOK

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, nomeou a blogueira de viagens Monique Baptista Aguiar para o cargo de coordenadora de Projetos Especiais da Fundação Nacional de Artes (Funarte). A nomeação foi publicada na edição do Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (10/8). O salário para a função é de R$ 4.042,06.

Monique já havia sido indicada para ocupar um cargo no governo, mas não pôde assumir após a Controladoria-Geral da União (CGU) manifestar que ela não tinha qualificação para o cargo de coordenadora no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

A nomeação da blogueira gerou reação do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro, cidade onde iria atuar. A entidade divulgou nota dizendo que a indicação para o Iphan não agradou aos profissionais que atuam no campo do patrimônio.

Nota conjunta de várias entidades que atuam no ramo da arquitetura também fizeram questão de expressar o descontentamento.

“Não por acaso, historicamente a função vem sendo exercida majoritariamente por profissionais formados por anos no quadro do próprio instituto e, mesmo quando externos, vem sendo ocupado por profissionais de conhecida e extensa trajetória dedicada à preservação”, diz a nota.

Últimas notícias