Advogados de Flordelis protocolam defesa na Corregedoria da Câmara

O órgão interno tem regimentalmente até 45 dias para apresentar um parecer à Mesa Diretora, que então o remete ao Conselho de Ética

atualizado 16/09/2020 17:48

Igo Estrela/Metrópoles

Os advogados da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) protocolaram, nesta quarta-feira (16/9), a defesa por escrito à Corregedoria da Câmara dos Deputados em relação à representação contra a deputada por quebra de decoro parlamentar.

A Corregedoria tem regimentalmente até 45 dias para apresentar um parecer à Mesa Diretora, que então o remete ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. Contudo, o corregedor da Casa, deputado Paulo Bengtson (PTB-PA), disse que pretende finalizar o processo em cerca de 10 dias.

A representação contra Flordelis foi protocolada pelo deputado Léo Motta (PSL-MG) no último dia 27 de agosto.

Após duas tentativas frustradas de notificar a deputada, ela informou que iria pessoalmente à Corregedoria na última semana, mas não compareceu. O corregedor da Casa então a notificou pessoalmente no apartamento funcional em Brasília.

0

 

Flordelis foi indiciada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) por suspeita de assassinato do marido, pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019, em Niterói.

O Metrópoles tentou contato com a assessoria da deputada, sem sucesso. Mas o espaço fica aberto.

Últimas notícias