Chuva impede pouso de Bolsonaro no Paraná e ele volta a Brasília

O presidente participaria da inauguração de uma usina hidrelétrica no município de Capanema

Rafaela Felicciano/MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 23/05/2019 16:25

Devido a fortes chuvas no Paraná, o avião que levava a comitiva do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), àquele estado não conseguiu pouso na cidade de Capanema, a 567 km da capital Curitiba, onde iria participar de inauguração da Usina Hidrelétrica de Baixo Iguaçu e retornou para Brasília.

O chefe do executivo chegou a pousar no muicípio de Cascavel, onde tentaria pegar um avião para Capanema. A inauguração da usina estava marcada para as 14h30.

Ao descer no primeiro ponto de chegada, Bolsonaro foi recebido pelo governador local, Ratinho Júnior (PSD-PR), cedeu entrevista a alguns jornalistas, embaixo de chuva, mas não teve o voo autorizado. O presidente publicou em seu Twitter imagens do público o recebendo na cidade.

Em vídeo compartilhado pela assessoria da Presidência, Bolsonaro diz que “infelizmente” não conseguiu completar viagem, mas que, em breve deve fazer uma visita de cortesia a Capanema.

Lamentavelmente não podemos comparecer por conta das condições meteorológicas, mas é muito bom esta no Paraná e te ver novamente”, disse ao governador. “Pretendemos, sim ,voltar pra fazer uma visita de cortesia a Capanema e bater um papo com a população local, que gostaria de ter a nossa visita no dia de hoje”, continuou.

Veja:

Na imagem, Bolsonaro aparece ao lado do governador  Ratinho Júnior e do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Alerta laranja
Ratinho agradeceu a presença do presidente e do ministro e disse que a usina será “importantíssima” ao país. “Essa é uma usina que vai gerar mais de 200w de potência e que vai ajudar no desenvolvimento do Brasil”, afirmou.

Segundo o site do Inmet, a cidade de Cascavel recebeu alerta laranja, que significa “perigo”, devido às fortes chuvas na região. Às 15h, Bolsonaro já estava no avião embarcando de volta a Brasília.

Últimas notícias