Bolsonaro diz que governo da Bahia não autorizou PM em sua segurança

Após chamar nordestinos de "paraíbas", presidente participa de inauguração de aeroporto em Vitória da Conquista

atualizado 23/07/2019 14:40

Ao embarcar nesta terça-feira (23/07/2019) para Vitória da Conquista, na Bahia, o presidente Jair Bolsonaro postou em suas redes sociais que o governador da Bahia, Rui Costa (PT), não autorizou a presença da Polícia Militar para fazer sua segurança.

“Estou de partida para Vitória da Conquista para inauguração de aeroporto. Lamentável a decisão do governador da Bahia que não autorizou a presença da Polícia Militar para a nossa segurança. Pior ainda, passou a responsabilidade de tal negativa ao seu Comandante Geral”, publicou.

A viagem do presidente tem o objetivo de inaugurar um novo aeroporto no município do interior do estado. O evento é o primeiro no Nordeste depois que o presidente teve conversa divulgada na qual chamava governadores nordestinos de “paraíbas”, termo considerado preconceituoso.

O evento, que estava sob organização do governo baiano acabou se tornando um ato político dos partidos que apoiam o presidente. Estão previstos discursos de políticos do DEM, como o prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, além do líder do DEM na Câmara, deputado Eumar Nascimento. Diante disso e sob críticas de seu próprio partido, o governador anunciou na segunda-feira (22/07/2019) que não compareceria ao evento.