Durante uma breve passagem pelo Aeroporto Internacional de Manaus (AM) na madrugada desta quinta-feira (14/05/2019), a caminho do Texas (EUA), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) fez uma piada com um homem de descendência asiática: “Tudo pequenininho aí?”, brincou.

A cena foi registrada em vídeo, divulgado pelas redes sociais. Na gravação, o estrangeiro fala: “Brasil, gostoso”. Bolsonaro ri e, em seguida, dispara a frase.

Veja o vídeo:

 

O filho do presidente Eduardo Bolsonaro compartilhou imagens da passagem do pai pelo aeroporto de Manaus, mas sem o trecho com a piada.

Viagem aos EUA
Bolsonaro chegou ao Texas na manhã desta quarta-feira para receber, nesta quinta (16/05/2019) a premiação de personalidade do ano. Na tarde de hoje, teve um encontro com o ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush.

A cerimônia em homenagem a Bolsonaro seria realizada inicialmente no Museu de História Natural em Nova York. Contudo, a própria entidade desistiu de sediar o evento, que também enfrentou a resistência do prefeito da cidade, Bill de Blasio – com direito a troca de farpas via Twitter – e de organizações de defesa do meio ambiente.

Apesar de Bolsonaro ter sido aceito em Dallas, o prefeito da cidade, Mike Rawlings, também não simpatizou com a ida do brasileiro. Na semana passada, por meio de nota, Rawlings afirmou que “discorda fortemente de algumas das posições declaradas do presidente Bolsonaro”.

Veja imagens do presidente no Texas: 

Compromissos
Jair Bolsonaro também terá um jantar reservado, nesta quarta-feira. O evento de premiação de personalidade do ano está marcado para quinta, ao meio-dia (hora local), com a oferta de um almoço. O presidente dará uma entrevista à entidade que o homenageia e, na sequência, fará uma transmissão ao vivo nas redes sociais.

A previsão é que Bolsonaro decole de volta a Brasília por volta das 20h, com chegada prevista apenas na manhã de sexta-feira (17/05/2019).

Comitiva
Além da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, o presidente terá a companhia de uma comitiva de parceiros brasileiros: o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo; ministro da Economia, Paulo Guedes; ministro de Minas Energia, Bento Albuquerque; ministro-chefe da Secretária de Governo, Carlos Alberto Santos Cruz; ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno; secretário-executivo da Casa Civil, José Vicente Santini; e o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Além destes, segue junto ao presidente o governador de São Paulo, João Doria; o governador do Acre, Gladson Cameli ; o deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ); e o deputado federal Marco Feliciano (Podemos-SP).