Após sentir cutucada no ânus, homem destrói casa de Candomblé

Suspeito chegou a dizer à polícia que achava que os vizinhos o haviam enfeitiçado

atualizado 26/11/2019 11:01

Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre

Um homem de 40 anos foi preso na madrugada desta terça-feira (26/11/2019) após invadir e destruir a casa de vizinho. Ao se justificar, o suspeito disse não aguentar mais ouvir e ver a prática de Candomblé no local.

O caso aconteceu no bairro Tijucal, em Cuiabá (MT), na madrugada desta terça-feira (26/11/2019). Conforme o boletim de ocorrência, o vizinho entrou na casa sem permissão e começou a atirar pedras em toda a residência.

Ele causou danos em diversas partes da casa e em muitos objetos, incluindo no veículo do proprietário do imóvel. Ele chegou a ir embora, mas logo retornou com um podão (objeto semelhante a um facão) e começou a ameaçar as pessoas que estavam no local.

“Ainda dizia que sentia cutucadas na região do ânus e acreditava que era feitiçaria vinda de seus vizinhos”, consta no boletim de ocorrência.

O caso foi registrado como ameaça, dano, violação de domicílio, perturbação do trabalho ou sossego alheios e praticar, induzir, ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, ou procedência nacional.

Veja a reportagem completa no site O Livre, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias